Review: The Bombpops – Death In Venice Beach

Por Lucas Santos

A banda norte americana de punk rock/pop punk com uma vibe de skate punk fortemente influenciada pela sonoridade dos anos 90 de bandas como No Use For a Name, Pennywise, Bad Religion, e também pelos grandes Green Day e Blink 182, lançou o seu segundo álbum de estúdio Death In Venice Beach, focado justamente nessa mescla de referências

Confira mais rock:
Alter Bridge – Walk The Sky
Honey Creek – A Whole Year In Transit
Eclipse – Paradigm
Goodbye June – Community Inn
William DuVall – One Alone
Dirty Shirley – Dirty Shirley

Gravadora: Fat Wreck Chords
Data de lançamento: 13/03/2020

Gênero: Punk Rock
País: Estados Unidos

Meados de Abril e alguns lançamentos do ano já começam a passar despercebidos. Eu particulamente não conhecia o The Bombpops. A banda norte americana de punk rock/pop punk, com uma vibe de skate punk, fortemente influenciada pela sonoridade dos anos 90 de bandas como No Use For a Name, Pennywise, Bad Religion, e também pelos grandes, Green Day e Blink 182, lançou o seu segundo álbum de estúdio, Death In Venice Beach, focado justamente nessa mescla de referências

Liderados pelas vocalistas e guitarristas Poli van Dam e Jen Razavi, aonde as vozes trabalham muito bem nas linhas principais e backing vocals, numa espécie de mistura entre Casedee Pope (Hey Monday) e Hayley Williams (Paramore), a musicalidade direta e orientada nos power acordes com bateria bem presente e sonoridade alegre funciona e, apesar de uma pegada mais festiva, as letras abordam tópicos, como em Can’t Come Clean e Dearly Departed, da recuperação de Poli, relatando os seus abusos de substâncias e da vida de diabética.

As 12 faixas que compõe o disco não tem mistério, na verdade,o som do The Bombpops não tem mistério. In The Doughouse, Sad To Me são os moldes que seguem o verdadeiro punk rock,que vai direto ao ponto. Não temos músicas memoráveis, talvez você possa achar um momento ou outro que vá te marcar, mas no fim, se mistura com outros atos que estão por aí fazendo algo que seja similar.

Apesar de bem genérico, Death In Venice Beach e divertido e uma ótima opção pra quem busca novos sons no meio do pop punk e punk rock. Eu descobri esse álbum na lista da loudwire sobre “Os melhores álbuns de Rock até então…”. Achei o álbum interessante, ainda mais pesquisando fundo sobre as letras e descobrindo alguns sentindos por trás, mas não acredito que seja forte o suficiente pra ser um dos melhores do ano, tem outros na frente, mas ainda sim, vale uma audição. Afinal, o disco não tem nem 30 minutos.

Nota final: 7/10

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: