Review: Goodbye June – Community Inn

Por Lucas Santos

O ótimo hard rock com influências sulistas se mesclam com abordagens modernas entregando nesse álbum o som mais orgânico e característico em comparação aos trabalhos anteriores.

Lucas Santos

CONFIRA MAIS ROCK:
Alter Bridge – Walk The Sky
The Darkness – Easter Is Canceled
Wayward Sons – The Truth Ain’t What It Use To Be
Eclipse – Paradigm
Deaf Rat – Ban The Light

Gravadora: Earache Records
Data de lançamento: 25/10/2019

Os membros do Goodbye June são três primos que formaram uma banda após a morte do irmão do guitarrista Tyler Baker. O nome é em memória do irmão de Baker, que faleceu no mês de Junho (June). Embora se defina como um power trio, eles acaba se tornando um quinteto nos palcos. A banda é formada por: Landon Milbourn nos vocais, Brandon Qualkenbush na guitarra rítmica (no estúdio, também baixo) e Tyler Baker na guitarra solo. Os demais músicos (baixista de turnês e baterista) são rotativos, por assim dizer.

Community Inn é o terceiro álbum de estúdio to trio de Nashville e tem suas influências bem implícitas. O ótimo hard rock com influências sulistas se mesclam com abordagens modernas entregando nesse álbum o som mais orgânico e característico em comparação aos trabalhos anteriores. Destaques bem perceptíveis são os trabalhos das guitarras e a voz bem volátil de Landon.

Faixas como Rolling Off My Tongue, Natural e Universal Mega Love são bem trabalhadas dentro do rock clássico, com fortes influências de Led Zeppelin e Kings Of Leon. Secrets In The Sunset e Be Yourself tendem a ser mais melódicas e apostam no refrão mais marcante em forma de coro.

Lonely Beautiful People usa slides em sua construção e carrega uma forte pegada de blues e country rock. Joan&Dylan é mais moderna e se destaca por inserir leves tons alternativos. Ainda sobra espaço para Switchblade Heart, algo que não soa nada como a banda até então, mas se demonstrar ser uma ótima canção de pop rock. A banda acerta muito bem quando tenta caminhar por novos caminhos.

Community Inn é um trabalho empolgante e diferente. Surpreende em captar vertentes clássicas do rock e aproximações mais modernas. E o melhor trabalho do Goodbye June e o “definitivo” até o momento. Um dos melhores trabalhos de hard rock do ano e a ascensão de mais uma referência, juntos de Greta Van Fleet e Dirty Honey da “nova onda” de rock n’ roll clássico.

Nota final: 8,5/10

8 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: