Review: The Darkness – Easter Is Cancelled

Por Lucas Santos

“Ainda assim, no coração desta jornada, temos amor, perda e corações partidos, em que a redenção é encontrada na fraternidade entre os membros da banda e o poder da guitarra, presente na faixa final We Are The Guitar Men, aponta o material de divulgação.

Lucas Santos

Confira mais metal:
Of Mice & Men – Earthandsky
Destruction – Born To Perish
As I Lay Dying – Shaped By Fire
Steel Panther – Heavy Metal Rules
Killswich Engage – Atonement
Knocked Loose – A Different Shade Of Blue

Gravadora: Cooking Vinyl Limited
Data de lançamento: 4/10/2019

The Darkness é uma daquelas bandas que, no imaginário popular, são o famoso “one-hit wonder”. É quase impossível conhecer alguém que não conheça I Believe In A Thing Called Love. A faixa certamente mudou a vida do quarteto inglês e na época, trouxe um sopro de rock n’ roll oitentista para uma cena que estava em decadência. Muito além de “one-hit wonder”, eles lançaram um dos melhores álbuns de hard rock do século 21, Permission To Land (2003), e embalaram hits atrás de hits, fazendo com que se tornassem também um dos atos mais promissores da cena.

Após a tempestade, eles tiveram problemas em repetir o sucesso de Permission To Land. Os integrantes se encontraram também em diversos impasses extra musicais, o que culminou em um hiato grande após o lançamento de One Way Ticket To Hell… And Back (2005). Mesmo com a sua volta em 2012 com o terceiro álbum Hot Cakes e com mais dois álbuns mostraram que a banda flertava com algumas mudanças, mas no grosso, todo o material parecia apenas um monte de restos de Permission, o que jogou um balde de água fria em muitos fãs.

Tudo isso nos leva a Easter In Cancelled, sexto esforço dos ingleses, e segundo eles, em seu material de divulgação, o trabalho é conceitual e analisa o papel do músico na cultura bárbara do mundo atual – e sua responsabilidade de desafiá-la. “Ainda assim, no coração desta jornada, temos amor, perda e corações partidos, em que a redenção é encontrada na fraternidade entre os membros da banda e o poder da guitarra, presente na faixa final We Are The Guitar Men, aponta o material de divulgação.

A trinca inicial é muito bem vinda. A fórmula do quarteto segue a mesma, porém elementos épicos e uma construção de narrativa acabam surpreendendo e trazendo uma nova cara à banda. How Can I Lose Your Love é a balada que todos esperam e Choke On It é a melhor performance de Justin Hawkins.

A faixa título é a primeira que me trouxe a sensação de estar ouvindo uma faixa antiga. As raízes continuam e as mudanças propostas aqui funcionam na maioria das vezes. Heavy Metal Lover , apesar de ter um riff de guitarra muito bom, e a já mencionada We Are The Guitar Men parecem meio fora de contexto.

Em minha audição no spotify, que disponibilizou apenas a edição deluxe, temos quatro(!) faixas bonus: Laylow, Different Eyes, Confirmation Blas e Sutton Hoo. Todas elas são guiadas por violões e tem uma levada mais lenta, e aparentemente estão fora do contexto do disco.

Easter Is Cancelled é certamente o trabalho mais interessante desde a sua volta em 2012. Ainda carece de alguns pontos importantes mas a ousadia e momentos interessantes se sobressaem e trazem inspirações novas à banda. Bebendo imensamente da fonte do Queen e trazendo uma produção mais caprichada e uma história boba mas divertida. The Darkness mais acertou do que errou, e essa pode ser a sua nova fórmula para o sucesso.

Nota final: 7,5/10

7 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: