Mt Joy: A confirmação de uma grande banda em ascensão. Boston, MA.

Por Lucas Santos

Mt. Joy tem um sucesso anormal. Não devido à qualidade de sua música, mas sim por apenas terem lançado um álbum homônimo em 2018. Esse que fez parte da minha lista de melhores do ano de 2018 (confira aqui). Trazendo uma mistura de indie-rock/folk com ritmos de rock clássico e blueseiros junto com uma boa escrita do vocalista Matt Quinn e melodias simples mas muito bem trabalhadas eles se tornaram uma das maiores surpresas do ano passado para mim, e consequentemente entraram no meu radar para possíveis shows e lançamentos futuros.

Com a turnê já pela metade, eles tiveram vários lugares com “sold out”, um deles foi o show que estive presente, no Roayle, em Boston. A banda de abertura foi a local Morningbird. Cheguei no meio da apresentação e por não conehcer nada vou apenas escrever sobre o excelente cover de Don’t Let Me Down dos Beatles que eles tocaram antes da última música que encerrou a noite.

Mt. Joy

Subindo ao palco por volta das 9:30 o quinteto californiano começou com uma sequência de 3 grandes músicas sem espaço para nenhuma fala ou interação. O jogo de luzes no palco, assim como a distribuição dos integrantes é muito interessante. A capa do álbum ficou presente durante toda a apresentação no telão atrás.

Eles extenderam algumas músicas e falaram bem pouco durante as pausas. Muito das vezes agradecendo todos por estarem presentes e por darem suporte ao grupo. Matt também mencionou que era bom estar de bolta em Boston, ele estudou na Northeast University que fica bem ao lado da cidade, e disse que era bom rever alguns amigos e locais familiares.

Tirando as músicas novas no repertório, que ainda não foram lançadas oficialmente, a platéia cantou absolutamente tudo junto com a banda. É de tirar o chapéu como as letras do Mt. Joy são bem trabalhadas e as melodias bem colocadas fazendo com que todos possam acompanhar e cantar junto. Astrovan, Silver Lining e Julia, que teve uma versão diferente, adiconando uma parte de Clint Eastwood dos Gorillaz no meio, foram as mais ovacionadas.

O que ainda falta bastante a banda é uma maior interação com o público. Sinto falta de serem mais soltos, andarem mais pelo palco e falarem mais com a platéia. Isso deve ser algo que vem com um tempo por se tratarem de ser tudo muito recente. O único que arrisca alguns movimentos fora do padrão é o guitarrista Sam Cooper.

Com muita, mas muita lenha pra queimar, Mt. Joy derretou o coração de todos presentes nesta noite. O futuro é imenso para a jovem banda, e as canções apresentadas no show tem um potencial enorme assim como o novo álbum que deve estar por vir. Em 2020 de acordo com Quinn.

Lineup: Morningbird e Mt. Joy
Local: The Royale – Boston, MA
Data: 06/10/2019

Set list Mt. Joy:

  1. Sheep
  2. I’m Your Wreck
  3. Bigfoot
  4. Astrovan
  5. Música nova
  6. Dirty Love
  7. Mt. Joy
  8. Younger Days
  9. Jenny Jenkins
  10. Música nova
  11. Julia/Ain’t No Sunshine/Clint Eastwood
  12. Silver Lining
  13. St. George
  14. Cardinal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: