Review: DRAIN – California Cursed

Por Lucas Santos

Para gravar as 10 novas músicas que compõem o California Cursed, a banda entrou em estúdio com o produtor/engenheiro Taylor Young, conhecido por os trabalhos recentes com a banda de maior relevância no cenário hardcore, o Code Orange, o que explica muito a qualidade do álbum.

Lucas Santos

Confira mais metal em 2020:
Body Count – Carnivore
Solitary Sabred – By Fire & Brimstone
Seven Spires – Emerald Seas
Sepultura – Quadra
Code Orange – Underneath
Lady Beast – The Vulture’s Amulet

Gravadora: Revelation Records
Data de lançamento: 10/04/2020

Gênero: Crossover/Thrash
País: Estados Unidos

Drain tem um som inconfundível de crossover com tonalidade de metal. Apesar de serem um ato novo na cena hardcore, eles rapidamente ganharam notoriedade por seus shows ao vivo. Mais notavelmente, seu set no Sound and Fury em 2019 os capturou com mais mil pessoas em uma mistura aonde banda e público parecem ser um só. O vídeo foi compartilhado inúmeras vezes e a banda começou a ganhar popularidade na costa leste dos Estados Unidos.

Entrando em turnê com diversas outras bandas do estilo eles solidificaram o seu lugar na cena punk hardcore global. Sam Ciaramitaro, vocalista, disse: “Nós sentimos que nossos shows incorporam o que significa estar verdadeiramente vivo. Não há fachada nem cosplay de quem somos. Apenas tocamos em todos os shows como se fosse nosso último e incentivamos todos na sala a serem quem eles querem ser e a fazer o que quiserem.

Para gravar as 10 novas músicas que compõem o California Cursed, a banda entrou em estúdio com o produtor/engenheiro Taylor Young, conhecido por os trabalhos recentes com a banda de maior relevância no cenário hardcore, o Code Orange, o que explica muito a qualidade do álbum.

Ciaramitaro explica: “Com a escrita do California Cursed, mantivemos isso muito orgânico e entramos juntos em uma sala e lançamos idéias até termos músicas que parecíamos cativantes, cheias de grandes riffs e sem preenchimento”. Todo esse processo é captado de forma brilhante, mostrando o quão viceral e potente é o som do Drain. É difícil destacar qualquer faixa em particular, já que pela curta duração do álbum a audição completa é mais que obrigatória.

California Cursed é um dos atos mais memoráveis de hardcore até agora neste ano. Em menos de 25 minutos, o Drain consegue entregar a mensagem de forma energética e com extrema integridade e competência. Uma banda que quando todo esse caos do covid terminar, causará alvoroço por onde passar.

Nota final: 8/10

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: