Review: Lady Beast – The Vulture’s Amulet

Por Lucas Santos

A medida que me aprofundo na audição, percebi que as três primeiras faixas Metal MachineRunes of Rust e The Gift são apenas o aquecimento do que está por vir. Não se engane, elas trazem tudo que podemos esperar dentro desse álbum, mas a banda realmente libera todo o seu poder a partir da quarta faixa.

Lucas Santos

Confira mais metal em 2020:
Body Count – Carnivore
Solitary Sabred – By Fire & Brimstone
Seven Spires – Emerald Seas
Sepultura – Quadra
Code Orange – Underneath

Gravadora: Reaper Metal Productions
Data de lançamento: 03/04/2020

Gênero: Heavy Metal
País: Estados Unidos

Ultimamente o chamado New Wave Of Traditional Heavy Metal tem entregue álbuns interessantes. Esse ano já fomos agraciados pelo ótimo Blood Red Victory do Ironflamen e recentemente o Vision of Choice lançou o divertido Mistress Of The Gods. Ambos com diferentes abordagens mas sempre seguindo uma linha de sonoridade old school, fazendo diversas “homenagens” aos dias gloriosos do metal. Recentemente descobri um canal no youtube que atualiza e disponibiliza todos os lançamentos com o foco nesse tipo de som, sempre que posso dou uma passada lá, já que alguns dos álbuns não estão nas plataformas de streaming, confira o NWOTHM Full Albums.

Forjados nas terras mais obscuras de Pittsburg na Pensilvânia, o Lady Beast está em atividade há mais de 10 anos e durante esse tempo a formação, que contou com algumas mudanças, se solidificou com a vocalista Deborah Levine, o baterista Adam Ramage, o baixista Amy Bianco e os guerreiros da frente nas guitarras, Tommy Kinnett e Chris Tritschler.

The Vulture’s Amulet é o quarto álbum de estúdio do quinteto e o primeiro de sua discografia que faço a audição por completo. Será que posso esperar mais do que a sensação de sair por aí guerreando em campos de batalha repletos de inimigos com minha espada empunhada no ar gritando em plenos pulmões e correndo em direção à morte? Acredito que só isso já seria o suficiente para me divertir bastante ao som do Lady Beast.

A medida que me aprofundo na audição, percebi que as três primeiras faixas Metal MachineRunes of Rust e The Gift são apenas o aquecimento do que está por vir. Não se engane, elas trazem tudo que podemos esperar dentro desse álbum, mas a banda realmente libera todo o seu poder a partir da quarta faixa.

O disco atinge o ápice em Sacrifice To The Unseen, com um trabalho de guitarra simples mas poderoso e presente, o veneno que escorre pelos vocais de Deborah Levine, principalmente quando ela declara o título da faixa, está em uma palavra: arrepiante. Seguido da também grandiosa e potente Betrayer, as coisas começam a se tornam interessantes. The Champion tem uma vibe old school de Iron Maiden, baixo pulsante, ótima construção de melodias e guitarras gêmeas conversando à exaustão. Até me surpreendo com a intrumental Transcend the Blade que surge “do nada” e mostra ótimas passagens rápidas de riffs estilo “trituradora”. A faixa título e Vow of the Valkyrie completam bem uma combinação de força e sensação de conquista que a banda traz em suas canções.

Pequenos problemas com a produção me tiraram um pouco a atenção. The Vulture’s Amulet poderia ter sido muito mais se tivesse um som mais preenchido, principalmente pelas guitarra – já que bateria, baixo e voz tem o destaque merecido e devido.

A quantidade de riffs e as linhas de baixo estrondosas que essa banda constrói em suas músicas é especial. O pé bate, a cabeça assente. Pode empenhar o seu punho ao ar sem resistência, The Vulture’s Amulet é um bolo saboros de metal tradicional com riffs turbinados e presença feminina emponderada. Indispensável para qualquer apreciador do gênero.

Nota final: 7,5/10

35 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: