Albuns do Mês – Outubro

Por Lucas Santos

O mês de Outubro foi provavelmente o último movimentado do ano. Grandes lançamentos aconteceram, tivemos o hard rock e rock clássico se destacando, mas também tivemos Jimmy Eat World, algumas surpresas e claro também, decepcões. No rock e no metal, as escolhas foram feitas e temos uma lista de 5 álbuns que tornaram o novo mês do ano especial.

Arrasta pra baixo e confira quais foram.

Alter Bridge – Walk The Sky

O que nossa análise disse: Walk The Sky é denso – não é fácil digerir nas primeiras audições – as propriedades experimentais, que mesmo mantendo características anteriores, mostram um caminho diferente seguido pelo Alter Bridge. Tem algumas das passagens mais pesadas da banda, porém, as letras tratam de assuntos menos sombrios e trazem mais luz e positividade liricamente. Um álbum que acerta muito mais que The Last Hero (2016) e mostra um ótimo caminho e amadurecimento notável. Um trabalho incrível das melhores bandas da atualidade, que consegue tirar o melhor dentro da mistura do rock e metal moderno.

Confira a resenha completa aqui.

Goodbye June – Community Inn

O que nossa análise disse: Community Inn é um trabalho empolgante e diferente. Surpreende em captar vertentes clássicas do rock e aproximações mais modernas. E o melhor trabalho do Goodbye June e o “definitivo” até o momento. Um dos melhores trabalhos de hard rock do ano e a ascensão de mais uma referência, juntos de Greta Van Fleet e Dirty Honey da “nova onda” de rock n’ roll clássico.

Confira a resenha completa aqui.

Rimfrost – Expedition: Darkness

O que nossa análise disse: Aliados a uma excelente produção e momentos especiais, Expedition: Darkness é um dos melhores álbuns de black metal e talvez um dos melhores álbuns do Rimfrost. Se você conhece alguém que tenha interesse em entrar no mundo mais escuro do metal e não sabe por onde começar, essa é a banda.

Confira a resenha completa aqui.

Eclipse – Paradigm

O que nossa análise disse: Paradigm sem dúvidas vai agradar quem já vinha seguido o Eclipse. Ao amantes de um ótimo hard rock melódico com guitarras bem presentes e excelente performance vocal, uma pedida mais que obrigatória. Não tendo um vasto conhecimento dos trabalhos anteriores é difícil afirmar se esse é o melhor trabalho deles, mas afirmo sem medo que esse é um dos melhores trabalhos de hard rock do ano.

Confira a resenha completa aqui.

Gatecreeper – Deserted

O que nossa análise disse: Deserted é um passo importante para a banda em quase todos os aspectos. A produção permite que essas músicas respirem, apesar das restrições sufocantes do próprio estilo, as performances são sólidas e as composições exibem nuances e alcance mais que suficientes para justificar o hype. É um excelente álbum, escrito e apresentado por uma excelente banda que eleva seu status de iniciantes no Death Metal. O hype e a popularidade são merecidos. Aqui está o novo velho death metal nos próximos anos.

Confira a resenha completa aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: