Rapidinhas 25/03/2022: Bad Omens, Hammerfall e Sepulchral

‘Rapidinhas The Rock Life’ é o quadro que surgiu para aumentar o apanhado da quantidade massiva de música que escutamos durante a semana. Cheguei a conclusão que só os Reviews por aqui não eram o suficiente e por isso criamos esse novo formato para, de forma breve, aumentar o nosso acervo musical e, claro, aumentar o número de dicas de música boa dentro do Metal e do Rock.

Além dos Reviews e Listas que saem diariamente, junto da ‘Banda Da Semana’, o ‘Rapidinhas The Rock Life’ vai cobrir outros lançamentos da semana* com informações reduzidas das bandas e álbuns. 

Todos os álbuns lançados em 25/02/2022


Bad Omens – The Death Of Peace Of Mind

Gravadora: Sumerian Records
Gênero: Metalcore
País: Estados Unidos

O terceiro e muito esperado álbum de estúdio da jovem banda de metalcore Bad Omens, tem nuances interessantes. Ele é muito mais atmosférico do que eu esperava; ultilizando diversos artefatos do metal moderno e de sintetizadores em passagens mais ambientes. O peso e a qualidade das composições, principalmente em ganchos envolventes, está presente e a banda certamente saiu da zona de conforto. Eu só achei The Death Of Peace Of Mind às vezes confuso e sem um propósito muito direto em sua mensagem. Não superou o hype mas ainda sim, muito bom.


HammerFall – Hammer Of Dawn

Gravadora: Napalm Records
Gênero: Power Metal
País: Suécia

Acho que ninguém aqui esperava que o HammerFall, uma das bandas de frente que carrega o escudo (ou martelo?) do Power Metal desde os seus primórdios, no auge dos seus 25 anos de carreira, fossem mudar de som, não é mesmo? Hammer Of Dawn (HAJA MARTELO) segue na mesma linha que a banda caminha desde sempre, mas ele é bem mais coeso e interessante do que os últimos trabalho dos suecos. Divertido, no mínimo, ele entrega tudo o que o fã deseja. Não precisamos de mais nada.


Sepulchral – From Beyond The Burial Mound

Gravadora: Soulseller Records
Gênero: Hardcore/Death Metal
País: Espanha

A primeira vez que escutei From Beyond The Burial Mound, álbum de estreia da banda espanhola Sepulchral, o Gatecreeper me veio a mente. Mal comparando, achei que os espanhóis tem um som mais “sujo” mas conseguem, de certa forma, entregar essa mistura mais acessível entre hardcore e death metal com riffs muito interessantes e um certo groove ativo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: