Passaram Batidos Pt. 3: Dirty Glory, Everytime I Die, Hooded Menance, Mt. Joy, One Step Closer, Opera Diabolicus e Portrayal Of Guilt

Rapidinhas The Rock Life’ é um novo quadro que surgiu para aumentar o apanhado da quantidade massiva de música que escutamos durante a semana. Cheguei a conclusão que só os Reviews por aqui não eram o suficiente e por isso criamos esse novo formato para, de forma breve, aumentar o nosso acervo musical e, claro, aumentar o número de dicas de música boa dentro do Metal e do Rock.

Essa é a terceira e última parte de alguns dos álbuns que “passaram batido” pela nossa redação em 2021. Mas não se preocupe, revisamos alguns nomes que foram lançados neste ano de 2021 que valem muito a pena um pouco da sua atenção. Tem de tudo um pouco dentro do Rock e do Metal de toda as partes do mundo, confira aí!


Dirty Glory – Miss Behave

Gravadora: Independente
Data de lançamento: 20/05/2021
Gênero: Hard Rock
País: Brasil

Miss Behave é o segundo trabalho de estudio da banda paulista Dirty Glory que toca um hard rock inspirado nos anos 80 com aquele toque de modernidade com aquela mistura de qualidade inquestionável. Miss Behave é um álbum sobre se perder, se desconstruir, se encontrar, e se reconstruir contado de forma lírica e instrumental por uma das melhores bandas nacionais do estilo.


Every Time I Die – Radical

Gravadora: Epitath Records
Data de lançamento: 22/10/2021
Gênero: Hardcore
País: Estados Unidos

No verdadeiro estilo Every Time I Die, o nono álbum de estúdio deles, Radical, está repleto de riffs caóticos, às vezes é beligerantemente pesado, enquanto outras vezes se inclina para mais sensibilidades do rock ‘n’ roll e em outras vezes é até suave. Em meio à essa “confusão” sonora, é exatamente esse o acerto da banda, que está a mais de 20 anos na estrada, e provavelmente entregou o seu melhor trabalho até então. Com o futuro da banda indefinido depois que o lendário vocalista Keith Buckley entrou em hiato, parece que a última impressão foi a mais épica possível.


Hooded Menace – The Tritonus Bell

Gravadora: Season Of Mist
Data de lançamento: 27/08/2021
Gênero: Death/Doom Metal
País: Finlândia

O novo álbum dos titãs do death/doom finlandês é muito divertido de ouvir. Em vez de mergulhar nos pântanos da morte, desta vez nossos lordes finlandeses injetaram seu som com uma sensação renovada de impulso e amor pelo terror gótico. O resultado é um disco ainda arrastado mas o faz de forma constante, com muitas melodias incluídas. The Tritonus Bell é aquele exemplo de quando a banda de metal muda seu som sem trair o que os tornou radicais em primeiro lugar. É riff atrás de riff, dentro da masmorra, com muita sujeira.


Mt. Joy – Live At Red Rocks

Gravadora: Dualtone Music Group Inc.
Data de lançamento: 05/11/2021
Gênero: Indie Rock
País: Estados Unidos

Eu não compartilho muito desse amor pelo indie rock, mas achei justo que deveria compartilhar o meu amor por Mt. Joy (que segundo o meu spotify é a banda que encabeça as minhas playlists desde muito tempo. Live At Red Rocks é o primeiro álbum ao vivo da banda, que capta toda a magia que é o seu show ao vivo. Além de tocar todos os clássicos, a banda criou medleys muito legais e ainda criou uma atmosfera fora de série e memorável. Eu gosto do indie, mas eu amo Mt. Joy.


One Step Closer – This Place You Know

Gravadora: Run For Cover Records
Data de lançamento: 24/09/2021
Gênero: Hardcore
País: Estados Unidos

Talvez o primeiro álbum de estúdio do One Step Closer tenha me decepcionado um pouco se comparado com o hype causado depois dos EPs Promo 2020 (2020) e From Me To You (2019). Levando em consideração que o álbum não é ruim, apenas não corresponde com as minha expectativas e que eles são uma banda em que a maioria dos seus membros nem bateu na casa dos 20 anos, o One Step Closer ainda pode viver à altura do seu hype.


Opera Diabolicus – Death On A Pale Horse

Gravadora: Season Of Mist
Data de lançamento: 26/11/2021
Gênero: Heavy Metal/Gótico
País: Suécia

Opera Diabolicus, a criação dos suecos David Grimoire e
Adrian de Crow e que conta com a participação de dezenas de músicos de bandas como Candlemass, Therion, Skyblood, Mercyful Fate e King Diamond cria em Death On A Pale Horse, segundo álbum de estúdio, um conceitual conto épico de bruxaria, morte negra e vingança. O ópera rock gótico se fortalece com camadas de vozes teatrais, riffs longos e teclados atmosféricos ditam a intensidade e a beleza do álbum, que coincidem perfeitamente com a história sinistra.


Portrayal Of Guilt – We Are Always Alone

Gravadora: Closed Casket Activities
Data de lançamento: 29/01/2021
Gênero: Blackened Hardcore
País: Estados Unidos

Os texanos de Austin do Portrayal Of Guilt lançaram dois álbuns em 2021 e o We Are Always Alone foi o primeiro, em janeiro. O álbum é uma onda feia de vulnerabilidade, punindo principalmente em sua honestidade. Mesmo no seu estado mais perturbador e atmosférico, com um caos sonoro que soa em sua maioria incoerente e desconexo, o sentimento de estar correndo para frente e apresentando desconfortos muito bem vindos ao hardcore é nítido e essencial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: