Psychosane

Por Lucas Santos

Bem vindo à mais uma categoria de conteúdo disponibilizado pela The Rock Life pra você, amante da boa música, mais precisamente do rock e metal.

Toda semana iremos indicar bandas, digamos, desconhecidas no grande cenário e pouco mencionadas nacionalmente. A ideia é apenas espalhar o som de bandas diferentes, “novas” e que não tiveram espaço aqui. Tentaremos focar naquelas que tiveram álbuns que não foram resenhados ainda. Do rock clássico ao metal extremo, aqui vale de tudo. Traremos uma breve explicação da banda e álbuns essenciais da discografia, sem muita aprofundação, o conceito do “Banda da Semana” é apenas disponibilizar novos nomes a vocês. Aproveitem.

QUEM SÃO?

Formada no final de 2013 por Robertto Jean (bateria/backing vocals) e Marcelo Seabra (vocal), a Psychosane deu início aos trabalhos com Fabricio “Head“ Simões (guitarra/backing vocals) e Luiz Henrique “Bodão” (baixo). A Psychosane começou como uma banda cover do Adrenaline Mob. A escolha do nome foi baseada em uma das faixas do álbum Omertá, porém os músicos perceberam logo de cara o potencial para algo muito maior. Essa formação lançou o primeiro single da banda, Road (2015). Em 2017, a banda continuou os trabalhos com uma nova formação. Pedro Silva foi convidado para o posto de guitarrista e Marcelo Oliveira Filho para o baixo. A banda iniciava aí a produção do primeiro EP. Já em 2018, Marcelo não pode se juntar a banda de forma oficial e o posto foi ocupado por Julio Salotti. No final do mesmo ano a banda ganhou sua cara atual com a entrada de Heuler Schivo na guitarra e Leonardo Balaban assumindo o baixo e backing vocals. Com a nova formação, a afinação mudou e deixou o som ainda mais pesado.

POR QUE VOCÊ DEVE ESCUTAR?

O repertório autoral desse do novo projeto varia do metal tradicional ao metal moderno. O Psychosane mescla diversas influências de diversos nomes do metal. Após algumas audições é fácil notar que há influências de Type O Negative, Slayer (principalmente na voz de Marcelo), Sepultura, Gojira e outros atos influentes do metal, principalmente no Thrash. Além de trazer um groove muito cativante em suas músicas, a banda se destaca pela ótima produção, som robusto e muita agressividade e criatividade na execução. Certamente um dos nomes mais interessantes que surgiram no metal nacional nos últimos anos. Que safra maravilhosa.

QUAL ÁLBUM VOCÊ DEVE ESCUTAR?

Laws of Aggression é o primeiro material oficial após o single Road. Depois da reformulação da banda, o EP conta com a participação de Pedro Silva gravando todas as guitarras, Julio Salotti no baixo. Aggression é uma pancadaria logo de cara, é aquela música para chamar a galera pro mosh, Purgatory tem uma influência pesada no blues e Caused by You (para encerrar o EP de forma espetacular!). Além da participação especial de Marcelo Oliveira Filho, baixista do Violência Moral, em Hellhound que promete ser aquela balada que vai te deixar com o refrão na cabeça. Buscando liberdade de estilos e fugindo dos rótulos, o EP é bem dinâmico, explora vertentes novas e não deixa de soar como uma pedrada no ouvido. Imperdível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: