Caverjets

Por Roani Rock

Bem vindo à mais uma categoria de conteúdo disponibilizado pela The Rock Life pra você, amante da boa música, mais precisamente do rock e metal.

Toda semana iremos indicar bandas, digamos, desconhecidas no grande cenário e pouco mencionadas nacionalmente. A ideia é apenas espalhar o som de bandas diferentes, “novas” e que não tiveram espaço aqui. Tentaremos focar naquelas que tiveram álbuns que não foram resenhados ainda. Do rock clássico ao metal extremo, aqui vale de tudo. Traremos uma breve explicação da banda e álbuns essenciais da discografia, sem muito aprofundamento, o conceito do “Banda da Semana” é apenas disponibilizar novos nomes a vocês. Aproveitem.

QUEM SÃO?

Caverjets é uma banda carioca de rock formada em 2018 que faz o deboche ser fundamental. Xandão do Rock (baixo/vocal) como el capitano junto a Vitega (bateria/vocal) e Rogerinho (guitarra/vocal) condensa rock, ativismo e irreverência de uma vez só, em um disco de muito vigor. Explorando muitas vezes temas como a legalização da maconha, fundamentalismo religioso, poliamor e qualquer tipo de situação da cruel realidade sociopolítica brasileira, tendo como alvo o governo vigente e o bolsonarismo.

POR QUE VOCÊ DEVE ESCUTAR?

Conheci essa banda de forma ao vivo em 2018, bem no início, mas de uma maneira um tanto quanto peculiar. Xandão foi a um popular bar com sinuca e karaokê na bambina e com um ideal megalomaníaco e criativo pedia para o cara do karaokê colocar a base de suas músicas e cantar por cima. A que mais marcou foi o blues Uzbeckstão, que pelo nome já dá pra sacar que se trata de uma brincadeira para tratar de um assunto sério, que é a legalização da maconha para o uso medicinal do CBD (subtrato derivado da maconha).

Nunca me cativou essa música, mas quando se para pra ler as letras e escutar o instrumental do restante da obra, você termina dando atenção da riqueza maior que é a música e a necessidade da proposta, a mistura de estilos como o punk, blues e rockabilly a ácidas críticas e manifestos políticos como em Pequenas Igrejas, Grandes Negócios. Faixa que aborda invasão do discurso religioso na política nacional e a questão da imunidade fiscal para os templos.

QUAL ÁLBUM VOCÊ DEVE ESCUTAR?

O disco Manifesto Caverjético foi finalizado em 2020, entretanto a banda – assim como boa parte dos músicos do mundo – preferiu segurar o lançamento devido a pandemia do coronavírus. O álbum foi co-produzido por Rafael Dieguez no renomado estúdio Toca do Bandido no Rio de Janeiro. Como se já não bastasse essa referência para trazer qualidade ao som, os Caverjets conseguiram ter para o disco o design da capa feito pelo ilustrador Cristiano Suarez, que ficou conhecido por ter criado um pôster bem provocativo para os shows dos americanos Dead Kennedys que tiveram um choque tão grande com a reclamação dos bolsonaristas que a ex-banda de punk rock colocou o rabinho entre as pernas e trocou a divulgação.

Temos muitas músicas interessantes aqui que realmente tocam na ferida, as letras ácidas são o maior destaque junto aos arranjos das guitarras, baixo e batera e por hora de naipe de metais. As composições fazem o Caverjets sair rotulo de mais uma banda tocando rock ‘and’ roll. Os números principais estão nas faixas Prato do Dia que faz alusão para fatos que já podemos considerar históricos para criticar as posições políticas adversas do povo baseadas na manipulação em mensagens de zap os tornando “coxinhas reaças”, a já citada Pequenas Igrejas, Grandes Negócios e por fim, a punk rocker A Grande Mentira, belos solos de guitarra na introdução para acompanhar a letra provocativa que associa o presidente da república ao 666, o famigerado número da besta.

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: