ESPECIAL COPA DO MUNDO 2022: UM ARTISTA/BANDA DE ROCK PARA CADA PAÍS DO GRUPO F PARA VOCÊ CONHECER

Pensando em uma forma de colocar o nosso The Rock Life em clima de copa, encontramos desse modo unir o futebol com a música para o momento de maior expressão do gênero esportivo. Já que a abertura e primeira partida foram feitas neste último dia 20/11, trazemos aqui uma banda /artista de cada país que faz parte do grupo F que contempla as seleções da Bélgica, Canadá, Croácia, Marrocos.

Tendo em conta que são 32 seleções do mundo inteiro reunidas no Catar e que já existe uma publicação semelhante no Tenho Mais Discos Que Amigos!, vamos trazer artistas unicamente de rock e metal, indo em uma direção diferente e buscando trazer artistas não colocados por eles, mas com a mesma proposta de divulgar novos sons para vocês adicionarem em suas playlists.


Bélgica: King Dalton

Fiquei muito fã desses caras por conta das músicas repletas de divisões vocais, lembrando o Fleetwood Mac e Crosby, Stills, Nash & Young. King Dalton é uma banda de rock belga. Os membros do King Dalton vêm de Aalst, Antuérpia e Ghent, e já haviam tocado em bandas como Laïs, Zita Swoon, A Brand, Think of One e Aedo. Então a grosso modo dá para chamar eles de supergrupo. O som deles é fortemente influenciado pelo blues do Delta americano e pela música folclórica, bem como pela música do norte da África. Recomendo o álbum auto intitulado de 2013.


Canadá: Bachman-Turner Overdrive

Resolvi trazer a clássica Bachman-Turner Overdrive -que com certeza hoje pode ser chamada de banda de tiozão- por fazer parte desse estilo pasteurizado do AOR que está voltando com força para o showbiz e quem es´ta bebendo da fonte através deles encontra ouro. É inegável a relevância da banda dissidente do Guess Who. Brave Belt foi o principal interlocutor da BTO, formada em 1971 por Randy Bachman e Chad Allan, ambos ex integrantes do The Guess Who, e o baterista Robin “Robbie” Bachman. Essencialmente, Randy estava produzindo o álbum para Allan; ele e Robbie proviam boa parte do trabalho instrumental. Quando requisitados pela gravadora para uma turnê, Randy convidou seu colega baixista/vocalista de Winnipeg C.F. “Fred” Turner para se juntar às atuações agendadas da banda completando assim o time. Os hits de bar Hold Back The Water, Down Down e a divertida Hey You deveriam estar sendo tocadas até hoje nas pistas de dança.


Croácia: Stribog

Stribog é uma banda croata de folk metal , originalmente de Zagreb. Foi formado em 2005. Seu nome vem da divindade eslava Stribog , deus do vento, do céu e do ar. O que eles proporcionam em seu som é bem interessante pois flerta com a música selta. Formada em 2005 , a banda gravou e lançou sua primeira demo Za vječan ponost i čast em 2006 contendo principalmente canções instrumentais, além de três canções. Em 2007 eles lançaram seu primeiro single Nyia – Religija krvi que foi limitado a 33 cópias. No mesmo ano, eles lançaram uma compilação Zora nad zemljama Slavenskim contendo todas as músicas que a banda compôs desde o seu início. Em 2010 lançaram seu único álbum, e nele se demonstraram uma banda tecnicamente competente e criativa, com os vocais de Tea e Tomislav sabendo muito bem trafegar pelas diferente formas de cantar metal com extensão e potência. A faixa Rusalka é de arrepiar desde a primeira ouvida com a bateria agressiva de Darko Ćosić e Ivan Mrkoci que também foi responsável pelos arranjos poéticos das guitarras ao lado de Nikola Mrkša.


Marrocos: Bab L’ Bluz

Bab L ‘Bluz é uma banda de rock franco-marroquina formada em Marrakesh em 2018. A banda é formada pelo vocalista Yousra Mansour, o gimbri player e multi-instrumentista Brice Bottin, o flautista Jérôme Bartholomé e o baterista Hafid Zouaoui. Como expoente do movimento artístico “Nayda” no Marrocos, que enfatiza a herança local, Mansour fornece vocais no dialeto árabe marroquino de Darija. Bab L’ Bluz se inspira em uma ampla gama de estilos musicais, como música GnawaChaâbi Afrobeat, mas também no blues americano e rock psicodélico – perceptível nos clipes -, e reparar nessa pluralidade faz tudo ficar ainda mais interessante na audição das músicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s