Especial Copa do Mundo2022: Um artista/banda de rock para cada país do grupo D para você conhecer

Pensando em uma forma de colocar o nosso The Rock Life em clima de copa, encontramos desse modo unir o futebol com a música para o momento de maior expressão do gênero esportivo. Já que a abertura e primeira partida foram feitas neste último dia 20/11, trazemos aqui uma banda /artista de cada país que faz parte do grupo D que contempla as seleções da Austrália, Dinamarca, França, Tunisia.

Tendo em conta que são 32 seleções do mundo inteiro reunidas no Catar e que já existe uma publicação semelhante no Tenho Mais Discos Que Amigos!, vamos trazer artistas unicamente de rock e metal, indo em uma direção diferente e buscando trazer artistas não colocados por eles, mas com a mesma proposta de divulgar novos sons para vocês adicionarem em suas playlists.


Austrália:The Murlocs

The Murlocs é uma banda de rock australiana de Melbourne . Eles são compostos por Ambrose Kenny-Smith nos vocais e gaita, Cal Shortal na guitarra, Cook Craig no baixo, Tim Karmouche nos teclados e Matt Blach na bateria. Eles foram formados em 2011 por Ambrose Kenny-Smith e lançaram cinco álbuns de estúdio desde então. Eles assinaram com a Flightless Records , e muitos dos membros da banda fazem parte de outras bandas assinadas com a Flightless, incluindo King Gizzard & the Lizard Wizard e ORB. Seu som é uma mistura psicodélica de rock e R&B, com destaque para a gaita distorcida de Kenny-Smith proporcionando à banda um som diferenciado, um tanto vintage um tanto moderno. Escutar o álbum Manic Candid Episode é uma experiência diferenciada.


Dinamarca:Psyched Up Janis

Essa banda é proeminente dos anos 90, eles fazem um som bem barulhento e distorcido, baseado no stoner rock com o noise, coisa que conhecemos bem por parte de bandas americanas como o Sonic Youth e os escoceses do Teenage Fanclub em seu primeiro registro. Sune Wagner e Jakob Jørgensen fizeram seu primeiro show em Sønderborg sob o nome de Western Front, em 1989. Eles gravaram sua primeira demo intitulada I Never Change em 1992. Naquele ano, a banda mudou-se para Copenhagen e Martin Bjerregaard se juntou à banda para ser um baterista. O trio foi para a Suécia gravar o EP autofinanciado , I Died in my Teens . A música de mesmo nome foi eleita o Single da Semana na Kerrang!. Empolgado, Janis gravou seu primeiro álbum completo, Swell, no País de Gales, com Craig Leon como produtor musical. O álbum Sweel de 1996 é fantástico!


França: Novelists FR

Novelists (muitas vezes conhecido na imprensa como Novelists FR ) é uma banda francesa de metalcore progressivo de Paris formada em 2013 pelos irmãos Amael (bateria) e Florestan (guitarra) Durand. Atualmente, assinaram contrato com a Out of Line Music, uma gravadora de Berlim que possibilitou o lançamento do quarto álbum de estúdio dos caras, o fantástico Déjà Vu que mostra uma pegada bem parecida com a do Linkin Park nas composições cantadas dignamente por Tobias Rische, ex- Alazka , que substituiu Gelsomino como novo vocalista do grupo.


Tunisia:PERSONA

Persona é uma banda de metal alternativo com vocais femininos que demandam da mistura do que a de mais moderno no metal do thrash ao power, com riffs extremos, efeitos de sintetizador e nuances de música clássica. É considerada uma das bandas mais talentosas do cenário metal tunisiano. Seu álbum de estreia, Elusive Reflections de 2016, mostra a total técnica dos músicos e uma melancolia meio Gothic Metal que caracteriza até hoje o som da banda, na bela voz de Jelena Dobric.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s