Passaram Batido: Chief State, Grand Harvest, Fortune Child, Paleface, Véhémence e Vein.fm

Esse é um rapidinhas passou batido. Como vocês bem sabem, ‘Rapidinhas The Rock Life’ é um quadro que surgiu para aumentar o apanhado da quantidade massiva de música que escutamos durante a semana. Chegamos a conclusão que só os Reviews por aqui não eram o suficiente e por isso criamos esse formato para, de forma breve, aumentar o nosso acervo musical e, claro, aumentar o número de dicas de música boa dentro do Metal e do Rock.

Além dos Reviews e Listas que saem diariamente, junto da ‘Banda Da Semana’, o ‘Rapidinhas The Rock Life’ cobre outros lançamentos da semana e do mês com informações reduzidas das bandas e álbuns.

Todos os álbuns lançados entre o começo de 2022 até 8/07/2022


Chief State – Waiting For Your Colours

Gravadora: Mutant League Records
Data de lançamento: 1/07/2022
Gênero: Pop Punk
País: Canadá

Waiting For Your Colours é o segundo álbum do queridíssimo Chief State, banda que me apaixonei pelo som em seu álbum de estréia Tough Love em 2020. Esse foi um dos lançamento que me pegou de surpresa este ano porque, apesar de “devorar” o debut, eu parei de seguir a banda no começo do ano mas fiquei bem feliz quando a recomendação apareceu no meu Spotify. Definitivamente menos marcante que a sua estreia, mas ainda sim um pop punk incrível que chega a flertar com um softcore/post hardcore bem de leve. Quem curte o gênero e quer uma indicação de banda nova, recomendo demais o disco e banda.


Grand Harvest – Consummatum Est

Gravadora: Messor Grandis Production
Data de lançamento: 25/03/2022
Gênero: Blackened Death/Doom Metal
País: Suécia

Uma estreia surpreende vinda da Suécia pode ser considerada facilmente até o momento o melhor álbum de death/doom do ano. Temas obscuros, escuridão sonora e uma sensação de uma nuvem negra que paira sobre Consummatum Est do começo ao fim. Aém disso, os músicos da banda me impressionam junto de uma deliciosa produção no disco. Deixe a morte entrar na sua casa.


Fortune Child – Close To The Sun

Gravadora: Raw Records
Data de lançamento: 1/03/2022
Gênero: 70’s Rock
País: Estados Unidos

Close To The Sun é a estreia da recente criada banda (em 2021) da Florida, Fortune Child. Trazendo uma belíssima mistura de ritmos e atitude rock n’ roll dos anos 70, o quarteto vintage impressiona pela qualidade e pelas excelentes composições que dão uma sensação de nostalgia e as mesmo tempo vida nova ao rock n’ roll moderno. Indispensável pra você que gosta dessa era.


Paleface – Fear & Dagger

Gravadora: Blood Blast Distribution
Data de lançamento: 25/03/2022
Gênero: Deathcore
País: Suiça

Fear & Dagger, quarto álbum de uma das bandas que mais me chamaram a atenção dentro do deathcore nos últimos anos seria perfeito se fosse um pouco menor. Embora seja incrível trazer dezesseis faixas novas, com cada uma oferecendo uma carregada quebra de riffs esmagadores de quebrar o seu pescoço, um pouco da repetição tornam o álbum um pouco desafiador para se chegar até o fim. Mesmo assim, o Paleface mostra o porque do deathcore europeu estar tão em alta atualmente com mais um trabalho indestrutível.


Véhémence – Ordalies

Gravadora: Antiq
Data de lançamento: 8/03/2021
Gênero: Black Metal
País: França

Ordalies é o terceiro álbum de uma interessantíssima banda de black metal/folk/melódico(?) francesa. Com um som bem underground mas que consegue soar bem único e integrado, a velocidade do black metal se mistura muito bem com as passagens mais épicas e as texturas do medievais. Não sendo um fã do estilo, eu gosto sempre de destacar discos e bandas que conseguem trazer algo de diferente que acaba captando a minha atenção, e com Ordalies o Véhémence faz isso de maneira certeira.


Vein.fm – This World Is Going To Ruin You

Gravadora: Closed Casket Activities
Data de lançamento: 04/03/2022
Gênero: Hardcore
País: Estados Unidos

Ainda lembro bem quando o Vein.fm (que na época se chamava somente Vein) lançou o magnífico Errorzone. Na época, o caótico e experimental som do álbum ajudou a carregar diversas bandas a explorarem mais a sonoridade dentro do hardcore. Knocked Loose, Turnstile e Code Orange são famosos exemplos de bandas que explodiram nos últimos anos, e eu não tenho dúvidas que muitas de suas influências foram entregues pelo Vein. This World Is Going To Ruin You foi lançado com 2 anos de atraso. Entrega um som ainda mais experimental e caótico, impacta menos que o seu sucessor, mas mostra uma banda que está pronta para explodir dentro e fora do hardcore.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: