As Melhores Bandas Estreantes de 2021

Por Lucas Santos

Pois é, 2021 chegou ao fim. Após um grande apanhado aonde selecionamos quarenta (40!!) nomes para os Melhores Álbuns de Metal e os Melhores Álbuns de Rock resolvi fazer uma pequena, porém importante lista, com os melhores nomes de estreia dentro de mais um ano caótico, mas prolífico.

Os critérios para participar desta lista são simples. A banda tem que ter lançado qualquer material inédito o decorrer do ano (EP ou álbum), se lançou o seu full-length em 2021 mas lançou algum EP em anos anteriores, ela está automaticante não se encaixa nos critérios – exemplo do Electric Gypsy que estreiou muito bem com o seu álbum homônimo, porém já tinha lançado digitalmente em 2020 um EP chamado Lady Luck.

Arrasta pra baixo e confira alguns nomes que deixaram uma marca significativa em 2021, indo do Rock Indie ao Death Metal, e que tem muito potencial para fazer barulho maiores nos próximos anos. Conheça essas bandas agora antes de todo mundo, e quando elas forem grandes, agradeçam a gente por isso :D.


ADRIENNE

Adrienne é uma jovem banda de straightedge hardcore do estado de Massachusetts. O quinteto lançou o primeiro EP homônimo no fim deste ano e o negócio é bom demais e muito promissor. Pesadíssimo com muitas passagens arrepiantes de guitarra e muita, muita ferocidade. Tive a sorte acompanhar algumas performances da banda ao longo do ano e fico muito feliz com o trabalho de EXTREMA qualidade logo na estreia.

CRYPTOSIS

Cryptosis, uma grata supresa oriunda da Holanda que encanta com uma perfeita demonstração furiosa de Thrash Metal moderno, ligado na sétima marcha, com produção cristalina, riffs velozes e pancadaria até o fim. Bionic Swarm é o atestado de mais uma ótima banda nova do estilo que não faz feio ao misturar sonoridade oitentista e moderna.

CRYPTA

Assim como a famosa história de Dave Mustaine, Metallica e Megadeth, em menores proporções, foi isso que felizmente aconteceu quando o Nervosa se dissolveu em 2020. Vocalista e baixista Fernanda Lira e a baterista Luana Dametto saíram da banda, e junto das guitarristas Sonia AnubisTainá Bergamaschi formaram o Crypta. O trabalho de estreia, Echoes of the Soul, que saiu com pouco mais de 1 ano depois da separação não é perfeito, mas entrega um Death Metal de muita qualidade e muito potencial de uma banda jovem, com muita qualidade e vontade de vencer.

EPHEMERALD

Aparecendo oficialmente ao mundo com o seu álbum de estreia, Between The Glimpses Of Hope, a banda finlandesa Ephemerald mostrou ser algo que vai muito além do Death Metal clássico. Com tons melódicos e sinfônico, de forma épica e intensa, a música poderosa e acentuada transformou o debut em um dos lançamentos mais interessantes do estilo em 2021, e imediatamente coloca a banda com muitas esperanças para um futuro próximo. 

KHIRKI

Vinda de Atenas na Grécia, Khirki é um quarteto que toca um Hard Rock cru com várias influências da música grega. Um rock stoner quase de garagem com muita energia e poder. Certamente um dos álbuns mais diferentes e interessantes e também pouco conhecidos dessa lista. O álbum de estreia Κτηνωδία (pronuncia aí!) vale muito a sua audição, assim como manter a banda no radar para futuros lançamentos.

NOCTULE

Não uma banda, mas sim o projeto solo da vocalista do SvalbardSerena Cherry. Diferente da abordagem mais voltada ao hardcore em sua banda “principal”, Noctule foca mais em um Black Metal intensamente atmosférico, cru, com referências atmosféricas e até ao The Elder Scrolls: Skyrim. Curiosamente diferente mas ao mesmo tempo surpreendentemente bom.

MAMMOTH WVH

O filho do homem entrou com tudo em 2021, gravou o seu disco de estreia homônimo com o seu projeto Mammoth WVH, onde ele compôs todas as músicas, e tocou todo os instrumentos. A “banda de um homem só” deu muito certo, e a boa genética foi notada nas excelentes faixas de hard rock com tons modernos e de qualidade indiscutível de Wolfgang. Ele não só mostrou ser um artista completo, como mostrou um talento especial para entregar um dos melhores discos do ano,

MASON HILL

Existente desde 2013 e com apenas alguns singles lançados, o Mason Hill só “apareceu” em 2021 graças a uma campanha no Kickstarter iniciada em 2019 para seu álbum de estreia, Against The Wall. Previsto para ser lançado em 2020, mas que foi finalmente lançado em março de 2021, alcançando 19 nas paradas de álbuns oficiais do Reino Unido e número um nas paradas de Rock e Metal do Reino Unido. A estreia a banda escocesa entrega uma impressionante sonoridade com ganchos e riffs muito robustos e cativantes. Com pitadas de CreedShinedown e até Alter Bridge, o debut é bem interessante, e a banda se destaca mesmo resgatando um som tão manjado nos dias de hoje.

PLEDGE

De Portugal, o quinteto Pledge nasceu em 2018 mas só teve o seu primeiro registro oficial com o seu lançamento full lenght chamado Haunted Visions. Uma grata surpresa focada no post-hardcore, com uma mistura que a banda e produção trazem entre sonoridade crua, performances ferozes e sensação de estarem tocando ao vivo, chama a atenção e botaram a banda em um ponto de destaque em 2021 para mim.

SUPERBLOOM

Muitas pessoas se cansaram do som do grunge depois de um tempo, especialmente depois que ele se transformou em algo que não tinha mais ligação com o original. Mas agora que passamos mais de uma década do seu apogeu, é hora de perceber que o som grunge se traduz insanamente bem em um contexto moderno. Pollen, álbum de estreia do Superbloom, banda do Brooklyn em NY, pega essas influências e as mistura com sensibilidades modernas, oferecendo uma linha do tempo onde o grunge nunca foi cooptado para o mainstream e as bandas continuaram escrevendo canções de rock com atitude sem sair da veia pop.

SPEKTRA

A estreia da banda brasileira Spektra, que tem forte influência de Jeff Scott Soto e Alessandro Del Vecchio, é aquele apanhado maravilhoso de músicas belas e melódicas. Com grande importância no já consagrado e talentosíssimo vocalista BJ a banda despeja um hard rock de autíssima qualidade que farão fãs de JourneyTalismanKansas, BostonWingerBon JoviForeignerW.E.T delirarem. Debut surpreendente de mais uma gradíssima banda nacional que surge nesse segmento.

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: