11 Bandas que Estão Revivendo o Screamo

Por Lucas Santos

Lembra daqueles cintos cravejados e o Converse na altura do joelho aos quais muitos tem se agarrado por toda a vida como a última lembrança dos “bons e velhos tempos” – MySpace, cabelos danificados penteados para trás e uma quantidade pouco ortodoxa de bebidas energéticas. Relíquias de sua vida anterior agora juntando poeira no sótão de seus pais? Bem, ao contrário do retorno atrasado do Beanie Baby, pode ser hora de quebrar os bad boys porque o Screamo está de volta.

A mídia social tem sido o catalisador para este retorno, marcando uma década do Rawring nos anos 20 com pop punk, emo e agora screamo, todos ganhando uma nova vida com um novo lote de artistas. Embora não necessariamente mortas, as coisas na frente do screamo não têm sido muito empolgantes em comparação com seu apogeu.

Conhecido como o irmão mais angustiado do emo, o screamo tem todos os refrões melódicos e vocais limpos e lamuriosos de qualquer banda emo O.G, mas misturava vocais sujos ásperos e alguns riffs de arrepiar os cabelos, mais comparáveis ​​ao metalcore ou post-hardcore do início dos anos 2000.

Para um gênero tipicamente angustiante, a nova onda de artistas do screamo não poderiam ser mais empolgantes. Take If I Die First, formado em 2020 ofereceu um breve, mas de tirar o fôlego EP, They Drew Blood, e assim o cinco integrantes de LA já reuniram impressionantes 78.000 ouvintes mensais no Spotify.

O SeeYouSpaceCowboy, que compartilha um EP dividido com If I Die First, e tem andado por aí desde 2015, mas finalmente chamou a atenção de ouvintes, fechando seu contrato com a Pure Noise Records em 2019.

No Reino Unido, você tem o melhor de Leeds, o Static Dress, que é indiscutivelmente um dos mais empolgantes artistas em ascensão que em breve dominarão o território americano, e talvez o mundo.

Vamos dar uma olhada no retorno da era MySpace à música através desta lista de 11 bandas liderando o renascimento do Screamo.


IF I DIE FIRST

If I Die First acerta aqueles vocais chorosos e agudos combinados com guitarras punk cativantes que bandas como Pierce the Veil, Isles and Glaciers e From First To Last dominaram uma década atrás. Where Needles And Lovers Collide transporta você de volta aos dias de glória, e você não vai querer ir embora.

SEEYOUSPACECOWBOY

Os principais componentes do Screamo são a tristeza crua e desenfreada e a raiva de ranger os dentes, nada incorpora isso melhor do que os Bloodstained Eyes do SeeYouSpaceCowboy. Tem aqueles risos irritantes do crabcore e gritos exasperados que tornam ese bebê de Frankenstein do emo e do post-hardcore tão incrivelmente cativante – a cereja do bolo, é uma faixa combinada com o If I Die First.

STATIC DRESS

Static Dress tem causado bastante alvoroço no Reino Unido, e com muito crédito. Sem nenhum álbum ou EP até o momento, eles já conseguiram vagas nos festivais Slam Dunk e Download, bem como uma vaga de apoio tocando uma turnê esgotada com o Creeper. Seria chocante se essa banda não for um sucesso global nos próximos cinco anos ou mais.

KAONASHI

A abordagem do Kaonashi para o screamo é única nesta lista, concentrando-se menos em refrões e harmonias mais suaves e apenas socando você com riffs rápidos e vocais inspirados no hardcore. You’ll Understand When You’re Older é um para os fãs de O.G. post-hardcore que tentam reencontrar esse som a mais de 10 anos.

WRISTMEETRAZOR

A música alternativa explodiu na década de 2000, não era incomum que os gêneros se misturassem. Muito do screamo dos anos 2000 beirou o metalcore, e WristMeetRazor está convocando aquela fúria do headbanging mais uma vez. Os fãs de Miss May I ou Bullet For My Valentine irão apreciar a homenagem que Last Tango In Paris é um screamo que incorporou vocais estrondosos e riffs de heavy metal, amplificados nesta faixa pelos talentos colaborativos do guitarrista do Knocked Loose, Issac Hale.

L’EXQUISITE DOULEUR

Embora oprimidos do movimento, embora o seu barulho não seja tão alto, L’Exquisite Douleur tem uma força e tanto. I’ll Be Late To My Funeral desenha notas da faixa do Papa Roach, Between Angels and Insects, e é esa potência emotiva que vai te levar às lágrimas, mas fará você querer bater cabeça como se não houvesse amanhã. Sem dúvida, essa seria a música do seu perfil no MySpace após um término de namoro.

FOR YOUR HEALTH

Com pouco menos de 6.000 ouvintes mensais no Spotify, For Your Health é um diamante bruto à espera de ser descoberto. Birthday Candles In The Effigy mostra que o screamo é instável e imprevisível, a música gira em um estado constante de sacudir da raiva à tristeza – contendo riffs furiosos a versos emocionais que soam como se o vocalista estivesse à beira das lágrimas.

BLOODBATHER

Nos anos 2000, foi o romance do hardcore com o emo que fez os primórdios do screamo que conhecemos e amamos, mas sua contraparte de 2020 tem seus olhos fixos com o deathcore com esses contraste de guitarras pesadas e gritos de gelar o estômago. Pense em Poison the Well ou Underoath, mas ainda mais pesado. O Bloodbather defende essa nova direção, com Disappear exalando seu amor por todas as coisas pesadas e tristes.

PORTRAYAL OF GUILT

De forma semelhante ao Bloodbather, o Portrayal of Guilt esta fundindo o emo e o deathcore juntos para criar esta cepa de screamo mais pesada, mais raivosa e de sangue frio que é mais implacável do que nunca. It’s Already Over é uma faixa que você terá que lutar contra todo desejo de não bater cabeça.

LETTERS TO CATALONIA

Canalizando o lado misterioso e poético do emo, Manufacturing Optimism do Letters To Catalonia pode até ser lento, mas termina com um clímax triunfante de guitarras ásperas e vocais exasperados clamando de dor que fazem a espera valer a pena.

GHOST SPIRIT

Descrita como “American Hardcore”, assim como outras faixas do Ghost Spirit, Rome pega emprestado post-hardcore influenciados pelo screamo que dá a essa faixa seu som característico de screamo. É barulhento, abrasivo e dolorosamente perturbador – uma faixa de screamo perfeita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: