Review: Beartooth – Below

Por Lucas Santos

Por um outro lado a maneira pela qual Aggressive (2016) e Disease (2018) efetivamente tentaram recriar a mesma experiência, ainda sim que sejam bons álbuns, acabaram decaindo tanto em avanço sonoro e qualidade. Deu muito a entender que a banda, principalmente Caleb, achou um estilo de composição logo nos primórdios de sua existência e que ainda tem dificuldades de sair desse ciclo.

Lucas Santos

Confira mais Metal em 2021:
Edu Falaschi – Vera Cruz
Accept – Too Mean To Die
Nervosa – Perpetual Chaos
Gatecreeper – An Unexpected Reality
ERRA – ERRA

Gravadora: Red Bull Records
Data de lançamento: 25/06/2021

Gênero: Hardcore melódico
País: Estados Unidos


Ao mesmo tempo que parece que o Beartooth está na ativa por muito tanto tempo, parece que foi ontem que Disgusting (2014) foi lançado. O que pouca gente sabia é que a banda formada em Columbus, Ohio em 2012 por Caleb Shomo, que fez parte do lineup da inovadora banda de metalcore da mesma região, Attack Attack!, conseguiria em tão pouco tempo se tornar tão revelante e quebraria as barreiras do underground, capaz de lotar shows em Wembley e serem coadjuvantes de diversos festivais importantes pelo mundo.

Disgusting ainda se mantém hoje como um dos melhores exemplos de um cru e emocional registro de metalcore, um dos debuts mais impactantes da cena. Por um outro lado a maneira pela qual Aggressive (2016) e Disease (2018) efetivamente tentaram recriar a mesma experiência, ainda sim que sejam bons álbuns, acabaram decaindo tanto em avanço sonoro e qualidade. Deu muito a entender que a banda, principalmente Caleb, achou um estilo de composição logo nos primórdios de sua existência e que ainda tem dificuldades de sair desse ciclo.

Como no vídeo de react que fiz no canal da The Rock Life do single The Past Is Dead, é óbvio e fácil notar que todos os elementos que me fizeram ser um grande fã da banda estão por lá, mas ao mesmo tempo os mesmos elementos começam a soar um pouco repetitivos e não tão empolgantes quanto anteriormente.

Below, quarto álbum da banda, veio com uma missão de “resgatar” um pouco o começo mais criativo e selvagem da banda lá em Disgusting, algo que aonteceu pouco nos dois últimos trabalhos. Mesmo com Disease, um álbum bem mais melódico, tendo um significado mais forte para mim, Below é sem dúvida o mais perto que Caleb e sua turma conseguiram chegar do impacto inicial. Todo o pacote é uma experiência muscular e visceral em todos os níveis, entregando de forma mais eficaz e clara os pontos da banda. Juntando uma espécie usual de ganchos ouvidos em Disease, agressividade visceral do Disgusting e um talento especial para hinos gigantescos de metalcore, esse é o álbum que mais me agradou desde a estreia.

Com a porrada de abertura, a faixa título, a visceral Dominate e com Devastation temos aquela sensação de composições ríspidas e intensas, em The Past Is Dead, Skin e No Return ouvimos a inigualável sensação melódica que Caleb tem. Poucos conseguem escrever melodias tão cativantes quando ele em uma banda de hardcore. E exemplos novos como Fed Up e I Won’t Give Up soam mais Hard/Rock N’ Roll, inclusões bem vindas mostrando todo o amor que Shomo tem por bandas desse estilo, como AC/DC e Mortohead.

Mesmo com um álbum bem diversificado ainda é possível sentir um pouco das repetições e estagnação mencionadas nos primeiros parágrafos. Ainda que Below seja bem amplo, algumas faixas são muito previsíveis e acabam sendo bem esquecíveis com um tempo. Vale lembrar também que Connor Denis, baterista da banda, é uma máquina e um dos mais criativos e talentosos bateristas da cena. Ponto gigantesco!!

O resultado final de Below é muito satisfatório. Fãs de longa data vão ficar muito felizes com a forma que o Beartooth misturou os seus três ábuns em um, trazendo o que cada um teve de melhor e adicionando elementos muito bem vindos. Ele é um álbum do Beartooth, simples e claro. Talvez não seja o que de melhor a banda pode fazer, mas ainda sim é um dos melhores jeitos de ser fazer esse tipo de música atualmente.

Nota final: 7,5/10

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: