Review: Prayers Of Sanity – Doctrine Of Misanthropy

Por Lucas Santos

Depois de lançar três álbuns de sucesso, Religion Blindness (2009), Confrontations (2012) e Face of the Unknown (2017), a banda lança o seu quarto álbum Doctrine of Misanthropy que mantém a mesma pegada da sua discografia.

Lucas Santos

Confira mais Metal em 2021:
Edu Falaschi – Vera Cruz
Accept – Too Mean To Die
Nervosa – Perpetual Chaos
Gatecreeper – An Unexpected Reality
ERRA – ERRA

Gravadora: Rastilho Records
Data de lançamento: 25/06/2021

Gênero: Thrash Metal
País: Portugal


Se você acompanha a The Rock Life, sabe que sempre que eu posso (no caso o Lucas), tento divulgar bandas novas de Thrash Metal que fazem a mistura do som old school com as vantagens dos avanços tecnológicos modernos, criando, em alguns casos, um mistura que soa muito melhor aos meus ouvidos do que algumas bandas mais undergrounds, principalmente dos anos 80.

O Prayers of Sanity de Portugal é é bem conhecido por essa mistura do Thrash Metal rápido e old-school, provando que o gênero vitou 80 está muito vivo e forte hoje. Depois de lançar três álbuns de sucesso, Religion Blindness (2009), Confrontations (2012) e Face of the Unknown (2017), a banda lança o seu quarto álbum Doctrine of Misanthropy que mantém a mesma pegada da sua discografia.

Produzido por pela banda, gravado e mixado pelo vocalista/guitarrista Tião Costa e masterizado por Pedro Gerardo, Doctrine of Misanthropy não é nada de diferente do que a banda já fez anteriormente, mostrando que o trio continua a sua trajetória no aprimoramento, e afiando o seu som de Thrash Metal old-school. Mesclando a fúria não diluída do thrash-metal clássico influenciado por Exodus, Nuclear Assault e Testament com a intensidade crua do punk e do hardcore, Doctrine of Misanthropy é direto e não cede às experimentação.

Para os amantes do estilo, este é um álbum que vale a pena ser escutado. Não só pelas referências old school mas pela ótima produção e musicalidade. Não se espante se você acabar ouvindo diversos clichês do estilo durante o percursso, essa não é daquelas bandas que querem reinventar o gênero. Para os metaleiros mais ecléticos, Doctrine of Misanthropy pode ser apenas mais um dos diversos álbuns de Thrash moderno que estão sendo lançados nos últimos anos. Ele tem pouos recursos para se destacar dos demais.

Os portugueses do Prayers of Sanity registram um feroz e visceral álbum, com todas as linhas que fazem um bom álbum de Thrash Metal destacadas. Continuando a sua jornada de quase 15 anos de segurar a bandeira, a banda continua fazendo um ótimo trabalho. A insanidade continua viva.

Nota final: 6,5/10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: