Rapidinhas: Demons, Ola Englund e Tetrarch

Por Lucas Santos

Rapidinhas The Rock Life’ é um novo quadro que surgiu para aumentar o apanhado da quantidade massiva de música que escutamos durante a semana. Cheguei a conclusão que só os Reviews por aqui não eram o suficiente e por isso criamos esse novo formato para, de forma breve, aumentar o nosso acervo musical e, claro, aumentar o número de dicas de música boa dentro do Metal e do Rock.

Além dos Reviews e Listas que saem diariamente, junto da ‘Banda Da Semana’, o ‘Rapidinhas The Rock Life’ vai cobrir outros lançamentos da semana* com informações reduzidas das bandas e álbuns. 

Todos os álbuns lançados em 30/04/2021


Demons – Privation

Gravadora: Spartan Records
Gênero: Noise/Hardcore
País: Estados Unidos

Demons é uma banda de Norfolk, Virgínia, e Privation é o seu segundo trabalho de estúdio. Uma mistura sonora que vai do pós-punk moderno ao lado do hardcore e noise das coisas também. Podendo notar influências de Shellac e até mesmo Converge, o álbum, e banda, são uma ótima descoberta para aos amantes da música mais agressiva. Ótima pedida!


Ola Englund – Starzinger

Gravadora: Independente
Gênero: Heavy Metal/Instrumental
País: Suécia

O guitarrista, produtor e também Youtuber, o sueco Ola Englund, conhecido por seu trabalho com o Six Feet Under, The Haunted and Feared, lançou seu segundo álbum solo intitulado Starzinger. O trabaho segue o álbum solo de estreia de Englund, Master of the Universe, lançado no início de 2018, e apresenta Delta Empire (também sensação do Youtube) na bateria, junto com uma série de participações de vários artistas, incluindo o guitarrisa virtuoso Jeff Loomis (Arch Enemy, Ex-Nevermore). Starzinger vê Englund fundindo influências do progressivo, rock oitentistsa e metal.


Tetrarch – Unstable

Gravadora: Napalm Records
Gênero: Metal Alternativo/Metalcore
País: Estados Unidos

Surgindo como grande “potência” no metal em 2017 com o álbum de estreia Freak (2017), o quarteto de Los Angeles Tetrarch volta com Unstable. Como o próprio título do álbum menciona, o trabalho peca por ser inconsistente e instável em alguns momentos dando uma diminuida no hype criado pela banda, mas mesmo assim ainda apresenta bons momentos de abordagem dentro do metal moderno, como misturas interessantes de nu-metal, metalcore e metal alternativo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: