Álbuns Do Mês – Setembro

Por Lucas Santos

Já estamos no último terço desse ano louco, e apesar de termos divulgados uma pré lista com os melhores do ano – Rock Metal, temos ainda 3 meses de muita coisa pela frente. Por enquanto, dentro do mês de Setembro, separamos os lançamentos mais interessantes que passaram pelos nossos ouvidos aqui no quartel general da The Rock Life. Confira a nossa lista e não deixe de conferir também a playlist do Spotify com as músicas mais importantes do ano.

FIT FOR A KING – THE PATH

The Path é o que o Fit For A King pode fazer de melhor. Ainda tenho minhas dúvidas se esse vai ser o álbum mais memorável da banda, mas de certa forma ele é mais uma ótima obra da discografia e mais um dos ótimos lançamentos do metalcore no ano de 2020. Mais que justo botá-lo no repeat.

Confira a resenha completa aqui.

STRYPER – EVEN THE DEVIL BELIEVES

This cover image released by Frontiers shows “Even the Devil Believes” by Stryper. (Frontiers via AP)

O álbum termina e podemos perceber o grande momento que a banda atravessa. Even The Devil Believes marca inexoravelmente uma fase que não dá mostras de que será interrompida tão cedo! Acho ainda que esse disco não estabelece nenhuma mudança significativa na banda, mas mostra com clareza que eles tem muitos capítulos bíblicos ainda a escrever na sua via sacra metaleira. O som da banda continua agradável, único e divinamente empolgante.

Confira a resenha completa aqui.

NAPALM DEATH – THROES OF JOY IN THE JAWS OF DEFEATISM

Throes Of Joy In The Jaws Of Defeatism é um disco bem diferente e quase experimental da banda (não tanto quanto o anterior, Apex Predator, e o esquisitão Words from the Exit Wound). Não é um disco totalmente agressivo, raivoso, rápido e com riffs tão trabalhados, mas é uma porradaria frenética bem diferente e interessante vinda do Napalm Death, ainda mais como um trio, que fez um ótimo trabalho.

Confira a resenha completa aqui.

PLAGUE YEARS – CIRCLE OF DARKNESS

Se Beyond The Wall Of Desolation foi o álbum de crossover/thrash do ano passado, será difícil algum outro bater Circle Of Darkness. Abra um moshpit na sua sala, convide alguns familiares que moram com você e extravase batendo forte a cabeça ao som de uma das maiores surpresas no ano, para mim. Plague Years é mais um nome que surge nesse cenário, porém com status de veterano. É difícil ter um debut álbum desse calibre (comentei sobre isso no The Rock Pod com o Metal Junkbox) e a banda de Detroit o fez com maestria. Aumente o som!

Confira a resenha completa aqui.

LANDFALL – THE TURNING POINT

 E eu encerro essas linhas dizendo a você que é proibido não ouvir agora essa maravilha brasileira de Curitiba. E os solos, as levadas melódicas e a verdade desses quatro caras continuam a ecoar na minha mente e minh’alma.

Confira a resenha completa aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: