Rapidinhas The Rock life

Por Lucas Santos

‘Rapidinhas The Rock Life’ é um novo quadro que surgiu para aumentar o apanhado da quantidade massiva de música que escutamos durante a semana. Cheguei a conclusão que só os Reviews por aqui não eram o suficiente e por isso criamos esse novo formato para, de forma breve, aumentar o nosso acervo musical e claro, aumentar a o número de dicas de música boa dentro do Metal e do Rock.

Além dos Reviews e Listas que saem diariamente, junto da ‘Banda Da Semana’ o ‘Rapidinhas The Rock Life’ vai cobrir outros lançamentos da semana com informações reduzidas das bandas e álbuns. Vamos testar esse formato por algumas semanas e ouvir o feedback de vocês para saber se continuaremos ou não. No mais, dêem uma olhada nos álbuns que separamos essa semana. Com uma boa dose de Metal para começar bem a semana.

Finntroll – Vredesvävd

Finntroll é o que de melhor a Finlândia e o Folk Metal tem a oferecer nos dias de hoje. O quinto álbum Vredesvävd segue a linha do Death Metal melódico com a mistura da polka finlandesa chamada de humppa e com letras cantadas em Sueco. Uma mistura que não deve ser novidade para ninguém, mas que é executado, mais uma vez, com maestria pela banda. Um excelente registro de Folk Metal que vale a pena passar pelos seus ouvidos.

Heathen – Empire Of The Blind

10 anos sem nenhum material novo de uma banda que surgiu no movimento Thrash da Bay Area nos anos oitenta. Heathen paga tributo ao sons daquela época. Com alguns escorregões (O álbum foi majoritariamente escrito entre 2012/2014), ele pode soar um pouco antigo e com temas datados, porém, ainda é um bom registro de um grupo que sobrevive de Thrash mesmo depois de tanto tempo, ainda mais por não ser o mais popular em seu estilo

Evoke – Seeds Of Death

O álbum debut dos Noruegueses do Evoke, não tenta reescrever o livro do Speed Metal. Seeds of Death é uma dose maníaca de som retrô oitentista da velha escolha do Thrash/Speed. Venom, Possessed, Sarcófago e as influências mais clássicas são misturadas por aqui. Para os apreciadores dessa escola, a estreia do Evoke pode ser uma ótima pedida. Longe de ser incrível, ele se sai bem na proposta. Não se esqueça de limpar sua espada antes de ouvir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: