Review: Havukruunu – Uinuos Syömein Sota

Por Lucas Santos

Embora o vocalista/guitarrista Stefan ainda seja o homem por trás de todas as músicas e letras, esse álbum marca a primeira vez que toda a formação teve 4 músicos participando dos arranjos.

Lucas Santos

Confira mais metal em 2020:
Haken – Virus
Elder – Omens
Code Orange – Underneath
Lady Beast – The Vulture’s Amulet
Malist – To Mantle The Rising Sun
Avatar – Hunther Gatherer

Gravadora: Naturmacht Productions
Data de lançamento: 14/08/2020

Gênero: Black Metal
País: Finlândia

Eu nunca imaginei que um dia estaria falando sobre Black Metal cantado em finlandes em lugar nenhum. Mas já começo de cara dizendo que Havukruunu é uma das melhores bandas de Black Metal nos últimos anos e, Uinuos Syömmein Sota, terceiro disco da banda, foi um dos mais aguardados dentro da comunidade do metal extremo. Justo! Aliás, Havulinnaan (2015) e Kelle surut soi (2017) foram trabalhos muito bem aceitos e que elevaram o status dos finlandeses, que abusam da identidade sombria e dark.

Embora o vocalista/guitarrista Stefan ainda seja o homem por trás de todas as músicas e letras, esse álbum marca a primeira vez que toda a formação teve 4 músicos participando dos arranjos. É difícil dizer o quanto isso afetou o resultado, como em, qual das mudanças foi atribuída aos arranjos, mas a variedade dentro e entre cada música aumentou, dando espaço para ambas, uma crescente influência do metal tradicional e adicionando profundidade a sua influência folk, tanto liricamente quanto melodicamente.

Os arranjos não são maiores do que antes, mas a composição foi abordada com um escopo mais grandioso, apostando mais no lado épico do que no lado cru de seu som. Complementado por sua produção mais completa e equilibrada até o momento (aglo essencial para uma crescente em seu som e alcance de público), condizente com a direção tomada aqui, o álbum leva tempo para introduzir algumas novas especiarias e melhorar uma fórmula já incrível em cada canto.

As composições grandiosas, o uso de violões e os vocais do coro mencionados acima, bem como o o grosso geral do disco, ocasionalmente trazem à mente passagens da série Vikings, e claro, alcançando de forma mais forte os grandes momentos de bandas influentes do Black Metal. A forma como o Havukruunu incorporou suas influências em suas composições e apresentações serve para sublinhar o fato de que não há outra banda como eles. Do tom da guitarra em diante, todos os aspectos do álbum deixam mais claro o exclusivo som dos finlandeses.

Embora suas letras não sejam necessariamente únicas, a abordagem folclorista ajuda a separá-los de um bolo grande de bandas do mesmo estilo. Com temas que variam de; (sim, eu li e traduzi grande parte das letras) paganismo, folclore finlandes, solidão e escuridão, é interessante entender como esse outro fator é crucial e fundamental em moldar a sonoridade peculiar e brilhante da banda.

Uinuos Syömein Sota é um álbum que foge totalmente do meu gosto pessoal, mas dessa vez, graças ao trabalho incrível do Havukruunu, pude me aprofundar, não só nesse álbum, mas no restante da sua discografia, e conhecer uma ótima banda que faz o melhor som de um gênero que não (de longe!) o meu favorito.

Nota final: 8/10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: