17 Tendências Que Definiram A Evolução Fashion No Rock e Metal

Por Lucas Santos – Matéria original Loudwire.

Moda e música andam de mãos dadas. As duas formas de arte dão às pessoas uma maneira de criar uma identidade para si mesmas e, portanto, o rock e o metal tiveram muitas tendências de moda diferentes ao longo dos anos que os separam de outros estilos de música.

Os artistas do rock dos anos 1950 costumavam se vestir de maneira adequada quando se apresentavam, com exceção de Elvis Presley, que costumava usar roupas de couro vistosas. O início dos anos 60 viu bandas como os Beatles e os Rolling Stones adotarem esse traje formal, usando ternos durante as apresentações ao vivo.

Com a aproximação do final dos anos 60, começou o movimento da contracultura, que viu muita cor, franja, calças largas e acessórios como lenços e bandanas. Foi uma declaração extravagante contra a aparência elegante que os artistas exibiam anos antes.

Declarações de moda mais proeminentes foram feitas ao longo da década de 1970 por artistas de glam rock. Este estilo era caracterizado por roupas andróginas, glitter e maquiagem. O punk e o heavy metal introduziram o preto, o couro e os tachas nos estilos mais agressivos de música, e esses se tornaram essenciais nas décadas que se seguiram.

O Glam foi levado para os anos 80, que foi visto com bandas como Motley Crue, Twisted Sister e Poison. Assim que o grunge começou a despontar, a maioria dos roqueiros foi vista em flanelas e outras roupas de segunda mão. O nu-metal veio e se foi no final dos anos 90 e no início dos anos 2000, e então as tendências da moda na música começaram a ser recicladas.

Agora, parece que todo mundo usa o que quer. A medida que as linhas de gênero se confundiam, o mesmo acontecia com as tendências da moda. Ainda há uma tonelada de camisetas de bandas, jeans rasgados, tachas e Dr. Martens para deixar as pessoas se destacarem como fãs de música pesada, mas não é mais uma abordagem de tamanho único como era no passado.

1960 – POP ROCK: THE BEATLES

O início da década de 1960 foi uma época simples para a moda do Rock N’ Roll. As bandas normalmente usavam ternos no palco como uma espécie de obrigação. Os Beatles mexeram com o que era considerado cabelo comprido, pelo menos para os homens, na época. O visual foi adotado por futuros grupos, como Rolling Stones e The Who. Mais tarde, esses grupos desenvolveram seu estilo com o tempo, mas seus primeiros anos foram sofisticados.

1960 – ROCK PSICODÉLICO: JIMI HENDRIX, JANIS JOPLIN

De meados ao final dos anos 1960, houve o surgimento de artistas de rock psicodélico como Jimi Hendrix, Janis Joplin, Jefferson Airplane e The Doors. A moda dessa época apresentava jeans boca de sino, camisas grandes e esvoaçantes e roupas coloridas como lenços e joias chamativas. O estilo extravagante foi uma resposta direta às normas sociais tradicionais do início da década. As mulheres, especialmente, tornaram-se mais autoexpressivas para romper com os padrões patriarcais.

1970 – ROCK: FLEETWOOD MAC

O Fleetwood Mac é um exemplo ideal do que as bandas de rock clássico dos anos 70 usavam, e Stevie Nicks era a rainha da moda das bruxas. Derivou um pouco dos roqueiros psicodélicos anteriores, já que muitos deles ainda usavam camisas de botão e jeans boca de sino, mas com um ar mais casual. Havia muito cabelo comprido e naturalmente ondulado. Led Zeppelin e Aerosmith são outros exemplos de artistas que adotaram esse senso de moda ao longo da década.

1970 – PUNK: THE SEX PISTOLS

A moda punk era essencialmente o oposto do que era popular entre outros gêneros de rock da época, impulsionado pelo gerente e estilista do Sex Pistols, Malcolm McLaren. Os punks costumavam ter penteados curtos (com gel e espetados) e usavam roupas de segunda mão que geralmente eram pretas e de couro, se não xadrez. Jaqueta? Essencial. Camisa? Não muito.

1970 – GLAM ROCK: NEW YORK DOLLS

O Glam Rock era tudo sobre cabelo grande, glitter, calças justas, salto alto e maquiagem. Marc Bolan foi associado como o inovador do estilo de moda após a aparição do T. Rex em 1971 no Top of the Pops.

1980 – HEAVY METAL: JUDAS PRIEST

Couro, pregos e outros acessórios de motociclista? Devemos agradecer ao Judas Priest por apresentá-los como uma tendência da moda no heavy metal. Desde que o Priest adotou o visual, no final de 1978, e explodiu em popularidade em 1980, esse estilo tem sido um grampo na moda do heavy metal até os dias de hoje.

MAIS 1980 – HEAVY METAL: IRON MAIDEN

Apenas para dar ao Iron Maiden uma menção honrosa – particularmente a Bruce Dickinson – por usar as calças mais legais do metal. Ele sempre esteve muito na moda no palco em diferentes estilos e cores de couro, Spandex e qualquer outra coisa que o cantor pudesse colocar suas mãos e seu corpo.

1980 – THRASH METAL: DESTRUCTION

Artistas de thrash pegaram os estilos introduzidos por bandas de heavy metal anteriores, como Judas Priest, e colocaram mais e mais peças relacionadas aos motoqueiros. Geralmente eram acompanhados de jeans justos, tênis (principalmente cano alto branco) e acessórios (cintos-bala e pulseiras/manoplas com tachas, principalmente). Se não havia couro, era uma camiseta decadente e calças de moletom.

1980 – GOTH ROCK: THE CURE

Embora Robert Smith vá negar o rótulo de “gótico” a todo custo, o The Cure é conhecido como um dos inovadores do rock gótico. O estilo de moda que acompanhou o gênero era dark e inspirado na era vitoriana. Os sapatos Creeper eram um grampo popular da moda gótica tradicional e os gabardines eram essencialmente obrigatórios.

1980 – HAIR METAL: POISON

Na era do hair metal, bandas emergentes como Motley Crue, Twisted Sister, Poison, Warrant e Ratt pegaram o que os roqueiros glam dos anos 70 fizeram e intensificaram, alimentado em grande parte pela natureza orientada para a imagem da recém-criada MTV. O cabelo estava maior, havia muita purpurina e as calças Spandex estavam mais justas do que nas décadas anteriores.

1990 – GRUNGE: SOUNDGARDEN

Group portrait of members of the Rock band Soundgarden as they pose at the World Music Theater, Tinley Park, Illinois, August 2, 1992. Pictured are, from left, Kim Thayil, Chris Cornell, Ben Shepherd, and Matt Cameron. (Photo by Paul Natkin/Getty Images)

A moda grunge serviu a um propósito semelhante após o hair metal ao que o punk fez após o movimento hippie. Foi uma declaração sutil contra a imagem extravagante que os músicos de hair metal exibiam alguns anos antes. Soundgarden e Nirvana, dois atores-chave no início do movimento grunge, tinham cabelos longos, vestiam roupas descontraídas e grandes e adoravam as camisas de flanela e botas pesadas.

1990 – BLACK METAL: IMMORTAL

Conhecido como a “segunda onda do black metal”, os artistas noruegueses do black metal do início dos anos 1990 costumavam usar pinturas de cadáveres em seus rostos e roupas totalmente pretas. Studs e outros acessórios de metal normalmente acompanhavam camisetas pretas e jeans. Uma braçadeira de couro com uma série de pregos enfiados à mão através do acessório também não eram incomuns.

1990 – METAL INDUSTRIAL: NINE INCH NAILS

Outro estilo proeminente nos anos 90 foi o industrial – popularizado por bandas como Nine Inch Nails e Marilyn Manson. As roupas eram em sua maioria pretas, feitas de jeans de lavagem ácida, couro, fivelas e botas de plataforma. E rebites – muitos rebites. Um tanto paradoxal, era chamativo, mas escuro.

1990 – NU-METAL: KORN

O nu-metal surgiu na década de 1990 como um gênero que mesclava elementos de rock e metal com hip-hop e, portanto, o traje seguiu o exemplo. Calças largas eram comuns – especialmente jeans JNCO – agasalhos, chapéus, correntes de carteira, cabelo espetado e tranças da Adidas. Korn, Limp Bizkit e Kid Rock estão entre as bandas pioneiras do estilo.

2000 – POP PUNK: SUM 41

O início dos anos 2000 foi um dos tempos mais estranhos para a moda. Bandas como Sum 41, Fall Out Boy e Blink-182 usavam camisetas com calças largas, cabelo espetado e cintos e punhos com tachas. Era quase uma combinação do punk dos anos 70 e do grunge.

2000 – CENA ALTERNATIVA: HAYLEY WILLIAMS

A cena alternativa era uma subcultura popular nos anos 2000. Roupas de cores vivas, skinny jeans, pulseiras, sapatos Chuck Taylor e penteados coloridos eram vistos com frequência em cenas locais. Bônus para quem usou meias mangas listradas do pulso ao cotovelo.

2000 – METAL: AVENGED SEVENFOLD

Nos anos 2000, a moda dos músicos de hard rock e metal se tornou um pouco mais domesticada e genérica do que nas décadas anteriores. Avenged Sevenfold, Disturbed, Five Finger Death Punch e Lamb of God usavam jeans largos e calças cargo, botas ou tênis e camisetas gráficas. Marcas como Affliction e Ed Hardy também circularam por um tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: