The Rock List – Top 10 Álbuns Que Completam 20 Anos em 2020

Por Lucas Santos

A virada do milênio foi um ano muito interessante para o Rock e Metal. Tempos em que o Nu Metal apresentava suas maiores bandas, houve gigantes do metal que se reinventaram, e bandas do metal extremo que expandiram os limites sonoros e moldaram o som que viria a ser a “cara” do metal nos anos seguintes.

Separamos uma lista muito pessoal dos 10 álbuns que mais nos marcaram lançados no ano 2000. Há uma variedade bem grande e, claro, álbuns que não podem faltar

10. 3 Doors Down – The Better Life

3 Doors Down foi uma ponte de entrada para muitos jovens, principalmente brasileiros, para algo que flertasse com uma música mais pesada. Algo que parece meio absurdo hoje em dia, fez total sentido na época em que The Better Life foi lançado. Músicas como Kryptonite, Loser, Better Life e Duck And Run, tocando incansavelmente nas rádios, fizeram com que a banda fosse uma das mais famosas no Brasil e, pessoalmente, uma das primeiras a fazer um som Pop ainda pesado que mais gostei.

9. Papa Roach – Infest

O segundo álbum de estúdio do Papa Roach, além de ter sido um sucesso estrondoso de vendas – o álbum foi certificado platina tripla nos Estados Unidos e estima-se que tenha vendido mais de 7 milhões de cópias no mundo inteiro, sendo o álbum mais vendido da banda até hoje – foi também, muito em função do single Last Resort, um dos trabalhos mais importantes para o Nu Metal. Blood Brothers fez parte dos jogos da franquia Tony Hawk’s Pro Skater, que também implacou hits como Broken Home e Between Angels and Insects.

8. Millencolin – Pennybridge Pioneers

Das diversas horas jogando Tony Hawk’s Pro Skater à conhecer a fundo o álbum Pennybridge Pioneers, um marco no hardcore mundial. Impulsionado pelo hit estrondoso No Cigar, o quarto trabalho de estúdio dos suecos do Millencolin explodiu da cena underground e chegou no ouvido de muita gente que nem era do país. Até hoje, um dos melhores álbuns de hardcore pra se ouvir andando de skate ou jogando Tony Hawk.

7. Nevermore – Dead Heart In A Dead World

Sempre penso que o Nevermore fica meio esquecido quando citamos bandas de Thrash Metal ou de Metal mais pesado. Dead Heart In A Dead World é, com certeza, o divisor de águas da banda, pois foi aqui que Jeff Loomis introduziu à banda o uso da guitarra de 7 cordas, deixando o som ainda mais furioso, pesado, moderno e sem perder as características do Thrash já enraizado. Esse é o melhor disco do Nevermore e também um dos melhores/mais importantes para o Metal moderno.

6. Limp Bizkit – Chocolate Starfish And The Hot Dog Flavored Water

Falem o que quiser, Chocolate Starfish and the Hot Dog Flavored Water é um dos álbuns mais importantes da história (com o pior nome) e o melhor que o Limp Bizkit já produziu. Além de marcar a força que o Nu Metal apresentava, o disco vendeu 1.05 milhões de cópias na primeira semana de vendas, com 400 mil cópias sendo vendidas apenas no dia de lançamento, tornando-se o álbum mais vendido numa semana de estreia na história do Rock. My Way, Rollin’ (Air Raid Vehicle), My Generation e Take a Look Around são hits do estilo e faixas que marcaram a década.

5. Disturbed – The Sickness

O Disturbed estreiou com o pé na porta. The Sickness é o debut da banda americana, que diferentemente dos discos posteriores, foca em um som bem mais pesado. Apesar de achar que nada que a banda fez depois tenha sido melhor do que esse álbum, e que eles são levemente superestimados, The Sickness é um dos melhores álbuns de Nu Metal e também uma das melhores estreias de bandas em geral.

4. Helloween – The Dark Ride

The Dark Ride não é um álbum muito citado no mundo do Power Metal. Lançado em uma época que o gênero não estava muito em alta, assim como a banda, que apesar de já ter uma certa bagagem, não teve uma década muito animadora em trabalhos de estúdio, acaba sendo esquecido quando álbuns do gênero são citados. The Dark Ride ainda carrega uma sonoridade de Power Metal bem característica, além de trazer uma sonoridade mais pesada e carregada ao Helloween. Certamente um disco subestimado, mas um dos meus favoritos da banda germânica.

3. Iron Maiden – Brave New World

Por muito tempo, eu considerei este o melhor álbum da donzela de ferro, o que é uma afirmação difícil de ser feita se tratando de Iron Maiden, banda com uma discografia de qualidade inquestionável, com poucos tropeços. Além de contar com a volta de Bruce Dickinson aos vocais, Brave New World foi o primeiro álbum em que tivemos a gravação como um sexteto, devido ao retorno do guitarrista Adrian Smith, que se juntou a Dave Murray e Janick Gers. Com uma sonoridade mais progressiva e foco em faixas épicas, a banda continuou o trabalho que vinha sendo feito nos dois últimos álbuns. Com um primeiro lado quase que perfeito, faixas como: The Wicker Man, Ghost of the Navigator, The Mercenary, Blood Brothers e Dream of Mirrors ajudaram na ótima receptividade do público e na conquista de disco de ouro no Brasil e Reino Unido.

2. Children Of Bodom – Follow The Reaper

Alexi Laiho, principal compositor e letrista do Children Of Bodom, criou a obra prima Follow The Reaper com apenas 20 anos de idade. Os demais membros que tocam no álbum, e que foram parte do Children até a recente separação no fim de 2019, também eram bem novos. Esse foi um álbum que fundamentou muito o som mais pesado/melódico que iria ser feito nos anos 2000. Um divisor de águas na carreira do Bodom e um forte influente do metal na década.

1. Linkin Park – Hybrid Theory

Uma posição meio óbvia e que não poderia ser diferente. O debut do Linkin Park é ponto de transição do Metal moderno e também uma afirmação do Nu Metal. Usando a fusão da sonoridade eletrônica, Rap e a voz inconfundível de Chester Bennington, Hybrid Theory emplaca um hit atrás do outro: Parpercut, One Step Closer, Crawling, In The End e Runaway foram hinos de uma geração inteira que ainda ecoam por vozes de fãs de uma das bandas mais importantes que já existiram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: