Review: Browsing Collection – Cyber Space Buffet

Por Lucas Santos

Se inspirando entre blues, metal e punk , pop e hip hop, mesmo quando não funciona diretamente, é interessante captar os estilo explorados pelas meninas em seu novo trabalho.

Lucas Santos

Confira mais punk:
Brooklane – Roll With The Punches
The Bombpops – Death In Venice Beach
Honey Creek – A Whole Year In Transit
Chief State – Tough Love
All Time Low – Wake Up Sunshine

Gravadora: Independente
Data de lançamento:
27/03/2020

Gênero: Punk Rock
País: Suécia

O quarteto feminino do Browsing Collection fez um certo rebuliço com o seu debut Greetings From Wonderland (2015) e ficou bem reconhecido em sua terra natal, principalmente pelos seus shows de alta energia e de muita atitude. Cyber Space Buffet vem ao público depois de cinco anos e mostra uma variedade sonora interessante que não se prende apenas ao punk rock.

Definitivamente se atrevendo a desenvolver melhor o seu som, a banda parece ter encontrado uma indentidade mais forte além de ter dado um salto imenso na qualidada das músicas e produção. Se inspirando entre blues, metal e punk , pop e hip hop, mesmo quando não funciona diretamente, é interessante captar os estilo explorados pelas meninas em seu novo trabalho.

Por exemplo, a faixa Souls For Sale é baseada em um riff country, em outros dois momentos temos faixas com uma uma espécie de rap gangsta, em Oh No um riff pesado de metal toma conta do andamento com um refrão interessante e cativante. Broken Bone Blues usa bateria progamadas e samplers. O álbum inteiro soa como um caldeirão sonoro que tem o punk rock como frente principal mas consegue usar as referências de forma suave e presente.

Nem sempre as músicas funcionam como um todo, a já mencionada Souls For Sale e a faixa de encerramente Till I Do No More sofrem de problemas estruturais e não vão a lugar algum na medida em que, muita coisa acontece nelas porém sem um obejtivo claro. É possível notar esse problema em outras partes.

Mesmo assim, o salto que Cyber Space Buffet deu em relação ao seu antecessor Greetings From Wonderland chega a ser risório. Não existe comparação e, embora ele não seja totalmente redondo contento alguns defeitos, existe uma clara tomada de decisão sobre busca de indentidade e um amadurecimento nítido.

Nota final: 7/10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: