Review: Delain – Apocalypse & Chill

Por Lucas Santos

O trabalho não foge muito da intençao principal da banda. Aqui temos como sempre uma ótima performance de Charlotte Wessels que apesar de tudo, é uma vocalista muito subestimada.

Lucas Santos

Confira mais metal em 2020:
Surgical Strike – Part of a Sick World
Marko Hietala – Pyre of the Black Heart
Sons Of Apollo – MMXX
Serious Black – Suite 226
Sepultura – Quadra

Gravadora: Napalm Records
Data de lançamento: 7/02/2020

Nunca fui muito chegado ao Delain. A banda de metal sinfônico holandesa foi projetada em seu início pelo tecladista Martijn Westerholt, ex-membro da banda da também banda de metal sinfônico Within Temptation. O grupo dos países baixos sempre soou para mim como uma espécie de “grupo b” dentro do gênero e minha audição nunca se extendeu muito ao We Are The Others (2012) e ao último lançamento Moonbathers (2016).

Apocalypse & Chill é o sexto álbum do Delain, pensei seriamente em passar batido e bem… após quase uma semana de audição constante tenho certos motivos para confirmar minha intenção inicial. O trabalho não foge muito da intençao principal da banda. Aqui temos como sempre uma ótima performance de Charlotte Wessels que apesar de tudo, é uma vocalista muito subestimada. As orquestrações e ambientações épicas são presentes durante a maioria das 13 faixas. A instrumentação, embora mais simples que outros atos mais famosos dentro do estilo, é agradável e casa bem com o resto, os trabalhos da guitarra e dos teclados se destacam.

Talvez o grande problema de Apocalypse & Chill seja a repetição exagerada de métodos e construções nas canções. We Had Everything, Let’s Dance e Chemical Redemption podem se destacar, mas o grosso das músicas contidas aqui se perdem em meio a repetições, orquestração em demasia e momentos embaraçosos. Alguns refrães são bons, mas foi difícil pra mim realmente lembrar alguma referência que fazia uma faixa se destacar da outra e ser mais original, os clichês se replicam de forma constante e atrapalham muito. Ainda mais para um álbum que tem quase 55 minutos de duração… cansa.

O Delain foi o que se esperava mais uma vez, não consigo dizer muito se houve algum salto ou declínio em relação ao último trabalho de estúdio deles, para mim, as coisas ficaram no lugar. Parece que os holandeses não vão atingir o patamar das grandes bandas de metal sinfônico por agora. Para quem gosta do gênero, é uma boa escolha e vale a pena dar uma conferida, para os que se veem saturados, Apocalypse & Chill é mais uma das diversas opções que não passa de um “mais do mesmo”.

Nota final: 6/10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: