Review: Ironflame – Blood Red Victory

Por Lucas Santos

Blood Red Victory é o álbum de uma banda que realmente está alcançando seu ritmo e descobrindo o que funciona para eles. O terceiro trabalho da banda americana realmente é o mais maduro e mais importante de sua discografia.

Lucas Santos

Confira mais metal:
Surgical Strike – Part of a Sick World
Opeth – In Cauda Venenum
As I Lay Dying – Shaped By Fire
Marko Hietala – Pyre of the Black Heart
Sons Of Apollo – MMXX
Serious Black – Suite 226

Gravadora: Divebomb Records
Data de lançamento: 7/02/2020

A nova onda de heavy metal tradicional da América está forte há alguns anos. É muito divertido ver esse estilo de música crescer e amadurecer e, embora tenha havido alguns artistas que fizeram algumas ondas, ainda há muito espaço para a qualidade do NWOTHM (New Wave of Traditional Heavy Metal). O Ironflame certamente está se estabelecendo como um mais influentes desse subgênero do Heavy Metal. Blood Red Victory é o álbum de uma banda que realmente está alcançando seu ritmo e descobrindo o que funciona para eles. O terceiro trabalho da banda americana realmente é o mais maduro e mais importante de sua discografia.

A banda conseguiu produzir um álbum que é ao mesmo que balanceia o épico e o divertido. O mentor da banda Andrew D’Cagna sabe trabalhar muito bem no meio e entrega ambas experiências memoráveis. Além disso, há muitas e muitas guitarras por todo o álbum. Os solos e riffs são feitos com muito bom gosto, e obviamente carregados de um talento especial. Quando se trata de apresentações vocais, as melodias e as harmonias são de primeira qualidade, não são esquecíveis e irão fazer parte da sua vida por algum momento. Os refrães de músicas como Honor Bound e Night Queen são fortes e sinais de melodias bem escritas.

Algumas poucas criticas que podemos fazer ao álbum são menores. Apesar das guitarras serem muito presentes, a sua mixagem é um tanto um quanto “áspera” e atrapalha um pouco a audição. As harmonias são um pouco exageradas e às vezes faltam passagens mais diretas e pesadas, mais agressivas. Esses pequenos detalhes não tiram o quão bom Blood Red Victory e o quão importante foi o salto do Ironflame dentro da cena. Esse álbum é um prato cheio para os amantes do metal tradicional.

Esse subgênero do heavy metal está crescendo mais uma vez. É muito divertido ver a música que um dia já foi grande, crescer denovo. O Ironflame usa suas influências nos ombros sem parecer clichê ou irrelevante. Cada uma das faixas pode ser facilmente a trilha sonora de uma sessão de Dungeons & Dragons ou de uma noite de bebida em uma taverna local. Blood Red Victory é o que de melhor a NWOTHM (se é que podemos chamar assim) tem de melhor atualmente.

Nota final: 8/10

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: