Review: Danko Jones – A Rock Supreme

Apesar de ter certeza que a própria banda se leva a sério, acredito que todos irão se pegar rindo em algum momento, seja das letras caricatas ou do jeito bizarro de Jones de cantar.

Lucas Santos

Gravadora: Indica Records

Data de Lançamento: 26/04/2019

Ainda tentando entender o que essa menina tá fazendo rs.

Quem conhece o trio canadense, sabe o que esperar de cada lançamento de Danko Jones. A banda leva o nome do seu frontman guitarrista e vocalista, Danko Jones, que é acompanhado do seu parceiro de longa data, o baixista John Calabrese desde sua estréia em 2002, com o álbum Born a Lion. Desde então, um ótimo Hard Rock pegajoso e divertido tem sido a característica da banda. E a partir de Fire Music de 2015 e Wild Cat em 2017, quando eles realmente cimentaram a banda na lista de artistas que você simplesmente precisa conhecer.

É inevitável que A Rock Supreme tem músicas grudentas e animadas. Tudo é muito simplificado e sem comprometimento com a técnica ou algo mais sofisticado. Sinto falta de um som mais robusto, uma outra guitarra por exemplo, ou até mesmo um overdub. O som aqui é muito vazio e você sente que falta algo. Algumas faixas como I’m in the Band, Dance Dance Dance e Party grudam fácil na cabeça e fazem a gente gravar os refrões facilmente. As levadas descomplicadas e batidas marcantes se mantém ao longo das 11 canções. You Can’t Keep Us Down é a melhor faixa, rápida e muito bem executada, porém infelizmente a última do disco. Não podemos levar Danko a sério. Apesar de ter certeza que a própria banda se leva a sério, acredito que todos irão se pegar rindo em algum momento, seja das letras caricatas ou do jeito bizarro de Jones de cantar.

Acredito que meu maior problema com Danko Jones em todos os seus trabalhos é que eles ficam no meio termo. Tentam ser sérios, mas acabam sendo cômicos. E quando parece que tentam ser mais engraçados, acabam perdendo a graça. Vejam o Steel Panther por exemplo. Uma banda caricata, que não se leva a sério, mas que faz o seu trabalho e entrega a mensagem, com extrema eficiência e excelente músicas. Eles definiram o que são. O melhor exemplo desse tipo de banda hoje em dia.

Não espere nada de novo. Não espere nada marcante. Espere apenas o que a banda tem feito nos últimos 8 álbuns. A Rock Supreme trás quarenta minutos de Hard Rock cativante, energético, bem trabalhado e estridente. Os fãs irão se amarrar. Para você que está chegando agora, é algo que é fácil de gostar, mas difícil de amar.

Nota final: 5/10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: