Review: L.A. Guns – The Devil You Know

Ao longo das 11 faixas passeamos por diversos estilos sem perder aquela característica oitentista farofa que expectamos quando lembramos do conjunto.

Lucas Santos

Gravadora: Frontier Records
Data de Lançamento: 29/03/2019 

Sempre muito criativos nas capas #sqn

Com mais de 30 anos de carreira e 11 álbuns de estúdio lançados, o L.A. Guns é uma das bandas mais importantes do movimento Glam Metal que surgiu em Los Angeles e dominou o mundo por boa parte dos anos 80. Ao longo dessa longa jornada houveram diversas trocas no line-up – mais de 30 integrantes fizeram parte da banda no decorrer dos anos – mas desde 2017 a espinha dorsal Phil Lewis (vocal) e Tracii Guns (guitarra), que estava separada por mais de 15 anos, se reuniu. Dessa reunião veio o excelente The Missing Piece, um dos melhores trabalhos nas quase 3 décadas do grupo californiano e certamente uma dose de ânimo para fãs e entusiastas do gênero. Dois anos se passaram e dia 29 de março de 2019 The Devil You Know chegou ao mundo. Tracii e Phil fizeram jus a espera?

O principal erro de bandas que fizeram sucesso nos anos 80 em cima desse estilo é que, quando resolvem se reunir e lançar material novo, elas não se reinventam. Acabam parando no tempo e não se arriscam em nada diferente. Felizmente e de forma muito perceptível isso não acontece em The Devil You Know. Ao lado de Scott Coogan (bateria), Ace Von Johnson (guitarra) e Johnny Martin (baixo), Guns e Lewis se mantiveram fiel ao estilo que os consagrou mas adicionando e mesclando elementos que foram importantes na construção musical que os influenciaram e inspiraram o gênero em si. A faixa de abertura Rage combina muito com o nome, com fortes elementos de punk, ela é rápida, agressiva e tem um refrão grudento no melhor estilo hard rock. Loaded Bomb traz uma vibe mais blues/folk e é bem cativante.

A faixa título e Going High experimentam uma pegada mais pesada e lenta com características de heavy metal dos anos 70. Gone Honey são quase 6 minutos do mais puro glam metal oitentista. Com muitos acertos às vezes arriscar não funciona, Down That Hole tenta ser algo parecido com o rock alternativo dos anos 2000 mas é confusa e acaba não indo a lugar nenhum. Para ser perfeito só era preciso melhorar o som da bateria. Estamos 2019 e uma banda tão importante como o L.A. Guns não pode ter esse desleixo com um tópico tão essencial para a sonoridade de um disco. Porém ao longo das 11 faixas passeamos por diversos estilos sem perder aquela característica oitentista farofa que expectamos quando lembramos do conjunto. A qualidade e criatividade das faixas nos deixam com um gosto de quero mais e transformam a experiência em algo divertido e extremamente satisfatório.

Respondendo a pergunta que fiz no primeiro parágrafo “Tracii e Phil fizeram jus a espera?” – Sim, fizeram! Ambos estão mais em forma do que nunca. Impressionante como depois de tanto tempo eles ainda conseguem ser relevantes e lançar um material tão bom em pleno 2019. Um clímax fantástico de um artistas excepcionais. É um prazer e uma alegria ouvir algo tão encantador.

Nota final: 8/10

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: